PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Uso de drogas é livre em frente a unidade para onde são levados adultos viciados


RIO — Destino da maior parte dos dependentes de crack recolhidos nas operações da Secretaria municipal de Assistência Social, a Unidade de Reinserção Rio Acolhedor, com capacidade para 422 pessoas, fica num dos acessos à Favela de Antares, em Paciência. Agachado na calçada de terra batida, um homem fuma crack num copo plástico improvisado como cachimbo. A poucos metros dele, outro cheira cocaína enquanto caminha pela rua. O cenário lembra uma cracolândia, com gente maltrapilha, lixo e embalagens de drogas descartadas pelo chão, mas os flagrantes foram feitos à frente ao abrigo da prefeitura.
Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/uso-de-drogas-livre-em-frente-unidade-para-onde-sao-levados-adultos-viciados-6595040#ixzz2ArsXtQki 


Resposta; PREVENÇÃO ..PREVENÇÃO.......PREVENÇÃO


domingo, 28 de outubro de 2012

Menino 'Vira' menina e agora quer voltar a ser menino

No último ano, Ria Cooper fez um prolongado tratamento com injeções de hormônio para mudar de menino para menina. Nascido Brad, a(o) adolescente de 18 anos desenvolveu seios, passou a usar roupas femininas, mudou o cabelo e chegou a sair com vários meninos. A mudança física e o acompanhamento psicológico foram financiados pelo sistema de saúde público. 

Apesar de, aparentemente, ter gostado do resultado, Ria resolveu dar umnovo giro de 180 graus. Sim, ela agora quer voltar a ser menino

"A vida realmente chegou no limite para mim recentemente. Os hormônios me fizeram sentir para cima e para baixo. Num instante estou deprimida, no outro estou feliz", contou Ria, que mora em Hull(Inglaterra), ao "Daily Mirror".
Agora, Ria está sonhando com uma carreira no Exército

"Sempre quis entrar nas Forças Armadas. Ironicamente, eu saí com alguns soldados nos últimos dois anos!", comentou.
RESPOSTA :


sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Pastor é espancado por vereador eleito após cobrar reividicações do candidato a prefeito-Confira

Pastor evangélico da Igreja Pentecostal da Nação de Deus no Alto Alegre- Acre, tem limitações físicas devido a derrame e já foi de líder de bairro onde mora. Ele foi duramente espancado por vereador eleito, que ficou furioso ao ouvir reclamações do candidato a prefeito da legenda o vereador

O vereador Alonso Andrade (PSDB) espancou o pastor José Augusto da Silva Maia, da Igreja Pentecostal da Nação de Deus. O caso aconteceu no final da tarde desta terça-feira, 23, na rua Baixa Verde, no bairro Alto Alegre. O pastor sofreu ferimentos no rosto, próximo ao olho esquerdo, além de diversas escoriações por todo o corpo em virtude da violência dos socos e chutes que levou.
O fato foi denunciado na Delegacia da 5a Regional, no conjunto Adalberto Sena. Na manhã desta quarta-feira, 24, o pastor deve fazer exames de corpo de delito. A polícia está em seu encalço e ele deve ser preso nas próximas horas ou na manhã desta quarta-feira, haja vista que a prisão em flagrante pode acontecer até 24 horas depois do crime cometido. Ele deve responder por crime de lesões corporais.
O pastor José Augusto, que tem o olho direito vasado e um dos lados do corpo paralisado por um derrame recente, contou que tudo aconteceu quando ele trafegava na rua Baixa Verde, próximo à sua casa, quando encontrou com o vereador que estava de carro e fazia campanha convocando os moradores para um evento do candidato Tião Bocalom/PSDB que disputa a prefeitura da capital do Acre contra  Marcus Alexandre /PT(f0t0) nesta quarta-feira. “Ele passou e me chamou para participar, mas eu disse que não queria nada com esse tal de Bocalom.
Disse também que não queria conversa com ele, pois quando foi vereador no mandato passado, ele prometeu que iria colocar umas vans no bairro para o transporte dos moradores, mas nunca cumpriu”, disse.
De acordo com o pastor, ao ouvir o que ele disse, o vereador desceu do carro e passou a agredi-lo. “Ele me bateu com muita força no rosto. Quando eu cai no chão ele me chutou diversas vezes. Eu não consegui me defender porque não tenho todos os movimentos do braço, mas consegui fugir, mas ele saiu correndo atrás de mim”.
O pastor José Augusto já foi presidente da associação de moradores do bairro e disse já ter conversado diversas vezes com Alonso Andrade solicitando melhorias para o bairro. A reivindicação do transporte foi apenas uma das tantas que teria sido ignorada pelo vereador.
Alonso foi eleito para o segundo mandato de vereador. A confusão foi presenciada por diversas pessoas, pois aconteceu em frente a um bar bastante frequentado na rua Baixa Verde. Muitas dessas pessoas foram em socorro do pastor, mesmo assim não conseguiram evitar que ele ficasse ferido no ataque do parlamentar tucano.
“Eu tentei filmar, mas não consegui pegar o telefone a tempo”, contou uma das testemunhas da agressão que pediu para não ter o seu nome revelado. “Fico todo mundo revoltado com o que ele fez, mas ele não deu atenção para ninguém. Entrou no carro e foi embora como se nada tivesse acontecido”, completou.
Alonso é vereador pelo PSDB eleito em 2008. Ele foi reeleito para um novo mandato na eleição do último dia 7 de outubro (FONTE INFORMOGOSPEL)
RESPOSTA: SEM COMENTÁRIOS  COM COMENTÁRIOS VOU ANDAR COM SEGURANÇA 

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Internação compulsória de viciados em crack do Rio gera polêmica



Para magistrados, confinamento obrigatório depende de laudo médico.
Críticos afirmam que a ideia contraria o direito constitucional de ir e vir.


Por trás de cenas chocantes, existe uma discussão jurídica: o dependente de crack tem condições de saber o que é melhor para si? Nesta quinta-feira (25), o prefeito do Rio, Eduardo Paes, que defende a internação compulsória de adultos viciados na droga, vai a Brasília debater o tema com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. A medida já vale para menores de idade desde maio do ano passado.
"Sei que isso é polêmico. Mas para a gente está muito claro que a pessoa dependente de crack não tem condições de tomar uma decisão", disse o prefeito.
A Associação de Magistrados do Estado do Rio de Janeiro  informou que a internação compulsória de dependentes químicos é permitida, desde que haja autorização da Justiça. Para isso, é preciso que um laudo médico comprove que o usuário de drogas não tem condições de conviver socialmente.
A  Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) defende a internação compulsória porque a dependência química é um caso de saúde pública. Porém, além de atendimento médico, é preciso oferecer assistência social, acrescenta a OAB.
Críticos da medida afirmam que a medida fere um direito constitucional: a liberdade de ir e vir. Para especialistas, não se trata apenas da internação em si, mas também da qualidade do tratamento que será oferecido ao dependente.
A psicanalista Ivone Stefania Ponczek não é contra o abrigamento compulsório. Mas diz que os critérios para a internação devem ser rigorosos e que as decisões precisam ser tomadas por uma equipe de profissionais. "A equipe é interdisplinar de saúde. Tem que ter médico, psiquiatra, psicólogo, assistente social, terapeuta ocupacional. O importante é que surja algum tipo de campanha para as pessoas entenderam que tratamento é bom", disse.
Desde março de 2011, quando começaram as operações da secretaria municipal de Assistência Social com a ajuda da polícia para retirar usuários de crack das ruas, mas de quatro mil viciados foram recolhidos. Nesse número também estão os reincidentes. Mesmo assim, se todo usuário de crack resolvesse ficar nos abrigos, a conta não fecharia. O município tem pouco mais de 500 vagas para dependentes químicos. Eduardo Paes quer criar 600 vagas emergenciais..

RESPOSTA: SOU A FAVOR PRINCIPALMENTE PARA CRIANÇAS ( COMO É O GRANDE NUMERO DE USUARIOS AQUI EM LORENA-SP

Pastor ilustra sermão fazendo um bolo e convida a igreja a provar a pregação

Em culto ao Senhor o pastor de uma igreja evangélica do interior de Cuiabá faz um bolo enquanto ministrava a Palavra. Com o auxilio de sua esposa ao adicionar ingredientes a travessa, comparava a igreja os ingredientes para demonstrar unidadeO pastor Valter Stehlgens encontrou uma forma inusitada e criativa para explicar um versículo da Bíblia, durante o culto que ocorreu 
no domingo (21.10), na Igreja Batista do Buriti em Diamantino (180 km de Cuiabá). Ele resolveu fazer um bolo dentro da igreja, enquanto passava a mensagem, em forma de metáforas, que nenhum ingrediente tem mais valor do que o outro e cada um tem sua função.
Ao explicar o trecho bíblico de 1 Corintios 12:12 que diz: “Porque, assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também”; — o pastor com o auxilio de sua esposa começou retirar ingredientes de trás do púlpito e preparar o bolo ao mesmo instante que pregava, comparando a receita com a igreja.
Cada ingrediente que era agregado vinha seguido de uma justificativa, enquanto os membros diziam o que era para ser adicionado na tigela, ele traçava um paralelo entre os itens e o ser humano.
“Tem gente que tem o coração igual ao ovo com casca, endurecido, que precisa ser quebrado. O fermento faz com que cresçamos; após juntar tudo que está na receita fica homogêneo, os ingredientes se unem e cada um executa a sua função”, explicou.
Depois do “culto gastronômico” chamou os fiéis para literalmente provar da pregação.
Valter Stehlgens fez uso de uma metodologia utilizada por Jesus Cristo que muitas vezes pregava de forma figurativa com preceitos morais, por meio de parábolas para ser compreendido por toda multidão.
NOTA: Glorificamos a Deus por ter pessoas que o Espirito Santo do Senhor instrui para que se inspire na forma em que o Senhor Jesus ensinou de levar o Evangelho as pessoas. De forma simples, objetiva, sem complicações e que todos compreendam a mensagem das Boas Novas da Salvação em Cristo Jesus.Amém…(fonte odiario.com)
RESPOSTA: A uns 2 anos atras eu fiz usando a receita do pão de queijo …..até de herege fui rotulado …….kkkkkkkkkkkkkk

domingo, 14 de outubro de 2012

CAPELANIA DE VOLTA


Meus Irmãos
 Como alegria a Capelania está de volta as suas atividades estivemos ausente neste período eleitoral ,pois fomos impedido de praticar o bem ,pois alguns partidos, queriam vincular nosso serviço de assistência social ao candidato ELEITO a Prefeito de Lorena Fabio Marcondes ,por sua empresa FAMA PETRÓLEO ser patrocinadora do nosso projeto....Mais estamos de volta e VENCEDORES..... e vamos continuar com a nossa Capelania de 15 em 15 dias ,agora com um direcionamento maior para a prevenção e combate as drogas e ajuda aos dependentes químicos
Quero agradecer a comunidade do bairro Vila Nunes e aos companheiros da Igreja Assembléia de Deus Belém  Igreja Mãe pela acolhida a Capelania que deus abençoe este bairro.
 PARCEIRO NOVO BIG BOM
 EQUIPE
 O PULA PULA

 TEATRO
 MUSEU DA DROGA