PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

domingo, 29 de março de 2015

Fotos de padre nu vazam na internet


Ele exercia suas funções na igreja de Natividade, RJ, há duas semanas. 
Padre disse ter se relacionado com mulher, segundo o Bispado.


Os moradores da pequena cidade de Miracema, no Noroeste Fluminense, foram surpeendidos nesta semana, quando fotos do antigo padre da cidade vazaram através do WhatsApp, aplicativo de troca de mensagens pela internet. O que chocou a população foi o fato do sacerdote, de cerca de 40 anos, estar posando nu nas "selfies".
De acordo com o Bispado da Diocese de Campos dos Goytacazes, as fotos teriam sido divulgadas por uma mulher que se relacionava com o padre pelas redes sociais.
O Bispado informou, na tarde deste sábado (28), o afastamento do padre. Ainda de acordo com o Bispado, o padre disse que chegou a manter relação com uma mulher e declarou que o contato aconteceu de três a cinco vezes, apenas, através de redes sociais. Segundo o depoimento do padre aos seus superiores, o vazamento da foto teria sido uma armadilha para manchar sua imagem.
Os fatos ainda estão sendo apurados pela Diocese mas a suspensão do serviço do padre é certa. "Estamos investigando a gravidade do assunto, mas apenas o ato dele ter tirado a foto já é matéria contra o mandamento da Igreja Católica, constitui crime e exige punição", esclareceu o Bispado em entrevista ao G1, mencionando que a mulher não se manifestou e as provas são, até o momento, a foto que circula nas redes sociais, além do depoimento do padre.
Segundo um membro da igreja de Natividade, que quis ter o nome em sigilo, o padre estava à frente da igreja da cidade há apenas duas semanas. Ele assumiu a função após a morte do pároco local. Até então o mesmo exercia suas funções na matriz de Miracema, onde as fotos andam circulando.(Fonte /Foto G1)


RESPOSTA: BEM QUE SÓ TIRO SEM CAMISA , NUNCA PELADÃO kkkkkkkkkk

sábado, 28 de março de 2015

CADA MACACO NO SEU GALHO

Pastor Marco Feliciano apresenta projeto para barrar uso de banheiros do sexo oposto nas escolas

O pastor Marco Feliciano (PSC-SP) reagiu à resolução publicada por um órgão do governo federal na semana passada e apresentou um projeto de decreto legislativo para vetar a recomendação de permissão para que homossexuais e transgêneros possam usar banheiros do sexo oposto nas escolas.
Na justificativa do projeto, Marco Feliciano argumenta que a utilização de vestiários e toaletes por quem tem “identidade de gênero diferente de seus cromossomos” fere o direito à intimidade, previsto na Constituição Federal.
A resolução já havia sido criticada no meio evangélico pelo pastor Silas Malafaia, que classificou a iniciativa como “esculhambação”. No próximo sábado, 28 de março, ele irá falar sobre o assunto em seu programa Vitória em Cristo, veiculado por Band e RedeTV!.
De acordo com o portal Terra, Feliciano criticou a resolução do Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoções dos direitos de Lésbicas, Gays Travestis e Transexuais (CNCD/LGBT), vinculado à Secretaria de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República, dizendo que o conteúdo viola o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).“Isso retira o pátrio poder, podendo inclusive levar aos pais a serem responsabilizados civilmente por atos abusivos e/ou ilícitos dos seus filhos no caso dessa negativa, já que não existe notificação dos responsáveis”, disse o deputado, que também apresentou um projeto para vetar a liberação do uso de nome social sem permissão prévia dos pais de alunos que queiram ser tratados por nomes diferentes dos que constam em seus registros civis.
Por fim, Feliciano disparou críticas à SDH e ao governo federal por considerar que houve desrespeito às funções do Poder Legislativo: “Tal mudança deve ser feita, no sentido de obrigação, na legislação penal e não por uma Resolução da Secretaria de Direitos Humanos, da Presidência da República. O comportamento desta secretaria fere a repartição dos poderes no momento em que desrespeita a mudança da legislação penal por ato administrativo”, disse.
RESPOSTA: VOCÊ ACHA ISSO NORMAL 

Redução da maioridade penal para 16 anos

Entidades evangélicas se posicionam contra a redução da maioridade penal para 16 anos

A redução da maioridade penal é uma das questões sociais mais polêmicas em discussão no Brasil atualmente. Motivados pelos altos índices de crimes praticados por adolescentes, incluindo assassinatos, muitos cidadãos clamam por uma medida drástica e objetiva, diminuindo para 16 anos a idade mínima para responsabilização criminal.
Diversas lideranças evangélicas se manifestam a favor da medida, porém há quem se oponha à redução, pois isso implicaria em uma exposição de adolescentes condenados aos ambientes das penitenciárias brasileiras, que estão superlotadas e possuem um índice altíssimo de reincidência no crime dos detentos.
A entidade Visão Mundial se posiciona contra a redução da maioridade penal, atualmente discutida pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. Usando dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre infrações cometidas por menores e sobre abandono dos estudos, a Visão Mundial assegura que colocar menores infratores na cadeia não é a solução para o problema da violência.
“A correlação entre os atos infracionais cometidos por adolescentes e a deficiência na escolarização é bastante evidente”, observa a entidade. “A tentativa de rebaixar a idade penal como principal medida para conter a violência é uma grande hipocrisia e iniquidade para com a população infantil do Brasil, onde seus direitos fundamentais são negados diariamente. Como militantes da infância, comprometidos com a vida plena para todas as pessoas, em especial para crianças e adolescentes, posicionamo-nos em favor da vida e comprometemo-nos em denunciar toda forma de distorção da realidade, criminalizando quem, na verdade, é vítima”, acrescenta.
A Rede Nacional de Ação Social (RENAS) lamentou, em carta aberta endereçada aos parlamentares evangélicos, que o assunto seja tratado de forma simplista: “Nossa sociedade e Estado têm negado todos os direitos ao pleno desenvolvimento das nossas crianças e adolescentes, do nascimento à juventude. Nossos parlamentares e sociedade em geral estarão sendo hipócritas ao propor a redução da idade penal enquanto não garantimos todas as oportunidades de desenvolvimento para as nossas crianças e adolescentes”.
O deputado estadual por São Paulo, Carlos Bezerra (PSDB) também se posicionou contra a redução da maioridade penal, e destacou que o abandono social a que os adolescentes infratores são expostos está sendo ignorado.“Sou evangélico e contra a redução da maioridade penal. Assusta ver que setores da igreja preferem o caminho da resposta simplória para esse problema estrutural, defendendo que encarcerar adolescentes seja a melhor saída pra o crime no Brasil. Mas, antes do debate ideológico, vamos aos números? Sabe quantos adolescentes internados na Fundação Casa estão lá por crimes como assassinato ou latrocínio? Menos de 1,5%. Sabe quantos dos crimes praticados no país são cometidos por adolescentes? 0,5%. São esses que queremos jogar na cadeia pra ‘resolver’ a criminalidade brasileira? Alguma coisa está fora da ordem… Falta políticas públicas e educação de qualidade pra adolescentes e, como solução, os colocaremos atrás das grades, é isso?”, questionou.
A Rede FALE também se manifestou contra a proposta: “A juventude brasileira tem sido a maior vítima da grande violência que ocorre em nossas cidades e não pode ser ainda mais castigada como bodes expiatórios de uma sociedade e Estado negligentes com seus direitos básicos”, frisou
RESPOSTA: EU SOU A FAVOR 

terça-feira, 24 de março de 2015

Pastor faz culto ao som de Coldplay e Jota Quest, e diz: “Jesus não ouvia música cristã”

A aposta de um pastor em inovação para atrair jovens vem causando bastante burburinho na comunidade evangélica e também na mídia.
A ideia de Filipe Falcão, 26 anos, mais conhecido como pastor Lipão, é que as pessoas reconheçam o ministério Onda Dura como uma igreja fora dos padrões: “Não queremos ser mais uma igreja, o segredo é ser uma igreja diferente. Não podemos ser esquisitos no mundo real”, afirma.
A justificativa acima se explica: Lipão ministra seus sermões ao som de Coldplay, Chico Buarque e Jota Quest, artistas da música secular. Há pouco menos de um mês, ele já havia conquistado a atenção da mídia da cidade de Joinville (SC) por incentivar que os jovens carregassem uma cruz de madeira por 21 dias.
“Não tenho essa imagem para tentar alcançar o jovem. Tenho essa imagem porque sou jovem”, defende-se das críticas. “Jesus não ouvia música cristã, não ia às festas cristãs, tampouco só conversava com cristãos. Reavalie o que é santidade”, acrescenta o pastor, propondo uma reflexão que normalmente os líderes evangélicos desencorajam.
Com a postura menos tradicional, o ministério Onda Dura atraiu muitos fiéis gays e dependentes químicos. E Lipão explica: o segredo é ensinar a palavra de Deus, não empurrá-la “goela abaixo”, pois isso é o oposto do que a Igreja Primitiva fazia.
“Apenas pregamos o que está na Bíblia. Ela reprova essas atitudes, sim, mas ninguém aqui vai falar ‘você é pior do que eu’. Se alguém chegar para mim e falar ‘sou gay, fumo maconha e não quero mudar’, respondo: ‘Beleza, pode continuar’. Não é uma pegada de imposição”, conceituou o pastor em entrevista ao iG. (FONTE G Noticias)
RESPOSTA: CONCORDO E BREVE TEREMOS UM MUSICAL GOSPEL QUE VAI BALANÇAR OS EVANGÉLICOS E PRINCIPALMENTE OS NÃO EVANGÉLICOS ....

segunda-feira, 23 de março de 2015

Novas vítimas contam como foram contaminadas, de propósito, pelo HIV



Fantástico revela detalhes do 'clube do carimbo', grupo formado por pessoas que transmitem o vírus da Aids de propósito.


Domingo passado (15), o Fantástico revelou detalhes do "clube do carimbo", um grupo formado por pessoas que transmitem o vírus da Aids de propósito. Nesta semana, o programa encontrou novas vítimas desse grupo que age de forma criminosa. E perguntou às autoridades o que está sendo feito para identificar os chamados carimbadores.
Depois da confissão, a revolta de quem viu a reportagem de domingo (15) e foi vítima de um "carimbador": de uma pessoa que transmite o vírus da Aids de propósito.

Uma dessas vítimas é vendedor, tem 32 anos e descobriu que era portador do HIV há quatro meses.

“Toda hora ia no médico, toda hora sentindo muito cansaço. Cheguei a perder em dois meses coisa de 13 a 14, 15 quilos”, conta o vendedor, que não quis se identificar.

Ele diz que frequentava uma sauna no centro de São Paulo e lá encontrou um homem, que não falou que tinha a doença. Eles não usaram camisinha.

“Eu fui carimbado contra a minha vontade. Não mudou só a minha vida. Mudou a vida de todo mundo que está a minha volta. Você acha que, de repente, encontrou uma pessoa bacana. Na verdade, essa pessoa está ali só pra te prejudicar”, diz o vendedor.

No domingo, o Fantástico mostrou como os carimbadores agem.
O Ministério Público já conseguiu identificar um dos carimbadores e nos próximos dias deve chamá-lo para prestar depoimento. Além de lesão corporal grave, os dois homens que confessaram transmitir o vírus de propósito também podem responder por outro crime: participar de organização criminosa.

É que os carimbadores costumam trocar mensagens em grupos secretos nas redes sociais. Também há páginas na internet que incentivam as pessoas a transmitir o vírus de forma intencional e ensinam como fazer isso sem o parceiro desconfiar.

“Vamos tentar localizar os administradores, os proprietários desses blogs, desses sites e vamos tentar tirar esses sites do ar, além de responder por incitação ao crime”, afirma o delegado Ronaldo Tossunian.

Vítimas de carimbadores já estão procurando a polícia para denunciar.

“Estamos localizando os autores através de vítimas que têm nos procurado e a partir delas vamos atrás dos autores pra tentar provar que aquele indivíduo foi responsável por passar, transmitir o vírus para aquela vítima”, conta Ronaldo Tossunian.

O Instituto Emílio Ribas, em São Paulo, é um hospital de referência no tratamento da Aids. Atende hoje 6,5 mil portadores do vírus.

“A maior parte dos pacientes portadores de HIV são extremamente conscientes e preservam não só a saúde própria como dos próximos”, explica Jean Gorinchteyn, médico do Instituto Emilío Ribas.

O médico diz que os carimbadores fazem parte de um grupo restrito.

“Clube do carimbo acaba acontecendo principalmente pra aqueles indivíduos que não fazem o tratamento e que ainda mantém o estigma de revolta dizendo: ‘Como eu fui contaminado sem ser informado, assim eu vou fazer para outras pessoas’", conta Jean Gorinchteyn.

Um militar, de 33 anos, tem certeza que contraiu o vírus do ex-namorado.

“Eu falava que eu tinha medo de ser contaminado. Ele falava: ‘não, eu não tenho nada’”, lembra o militar, que não quis se identificar.

Ele diz que duas pessoas também foram infectadas de propósito pelo seu ex-parceiro.

“Essa pessoa age na região, desta forma, usando as pessoas, passando o vírus sem qualquer pudor, sem qualquer medo de punição”, afirma o militar.

“Nunca tirem o preservativo das relações antes que ambos tenham feito realmente um teste sorológico para garantir que não haja positividade seja de um, seja de outro”, diz Jean Gorinchteyn.

“Conheça com quem você está. Um minuto da sua vida, você pode se arrepender para o resto da sua vida. Porque não é fácil conviver com o vírus”, alerta o militar. (Fonte G1)

Resposta: Só faltou a globo falar que mais de 80 % desses carimbadores são homosexuais. mas se ela fizer isso vai manchar suas novelas, que fazem uma apologia absurda em favor dos homossexuais, emissora nojenta, é a corja desse país, mais nojento que eles só os governantes que não conseguem garantir o minimo de segurança a população.
Assista ao Video 
http://s04.video.glbimg.com/x360/4053975.jpg 

domingo, 22 de março de 2015

Frente Parlamentar Evangélica repudia novela da Rede Globo

A Frente Parlamentar Evangélica, presidida pelo deputado federal João Campos (PSDB/GO) divulgou nota de repúdio contra a cena do beijo gay entre as atrizes Fernanda Montenegro e
Nathalia Timberg na novela Babilônia, da Rede Globo de Televisão.
Na nota assinada pelo presidente do colegiado, a Frente Parlamentar Evangélica critica a emissora por “afrontar os cristãos” e tentar impor suas ideologias sobre a sociedade. Ao longo dos últimos anos a emissora carioca tem sido a principal promotora da agenda LGBT no país, atacando diretamente os costumes e valores da sociedade.
“Essa é a forma encontrada para disseminar a ideologia de gênero, atacando diretamente a família natural e aqueles que eles denominam de ‘conservadores’, pelo simples fato de não coadunarem com essas práticas”, continua o texto.
A nota convoca ainda os evangélicos, cristãos e pessoas que se sentem violentadas a boicotarem a emissora e diz ainda que trata-se de um “estupro moral imposto pela mídia liberal” as tentativas de promover a agenda LGBT.

Desconstrução da Heteronormatividade

A ideologia de gênero é um movimento que defende que a criança nasce sem um sexo definido, mas que após uma determinada idade ela decidirá entre a sexualidade masculina ou feminina.
A desconstrução da heteronormatividade defende que a heterossexualidade é imposta pela sociedade e que deve ser substituída, por imposição, pelo comportamento homossexual, tornando-se este último predominante. (Fonte Gospel Noticias) 
RESPOSTA:

sexta-feira, 20 de março de 2015

O PERIGO DA ZUMBA


                                 O PERIGO DA ZUMBA



É uma atividade física, por isso tem que ser ministrada por Professores de Educação Física.
Hoje em dias a aula de Zumba está se alastrando em todas as cidades sempre associado a venda de produtos de emagrecimento , as vezes ministradas por leigos que só visam o retorno financeiro, e muitas vezes colocando em risco a saúde das pessoas.
Para verificar se um instrutor é legalmente licenciado para dar aulas de Zumba  basta
Consultar o CREF pelo site : Rio de Janeiro:  http://www.cref1.org.br/
                                                São Paulo : http://www.crefsp.org.br/

ATENÇÃO

Tem que ter registro no CREF( Conselho Regional de

 Educação Física). Ter SÓ O CURSO DE ZUMBA não dá 

direito de ministrar aulas.


Resposta: Toda atividade fisica tem que ser orientada 

por um profissional 



quarta-feira, 18 de março de 2015

Droga que inclui heroína e veneno de rato se dissemina na África do Sul


Em um distrito pobre da África do Sul jovens estão usando um novo tipo de droga: o nyaope – uma mistura de heroína, maconha, componentes de veneno de rato, remédios antirretrovirais, vinagre e cloro. 
Ela custa só US$ 2 a dose e é altamente viciante. Seu uso está sendo ligado a uma elevação na criminalidade em algumas comunidades.
As consequências de um uso prolongado são devastadoras.
A comunidade decidiu resolver o problema sem esperar ajuda do governo. Os centros privados de reabilitação são cada vez mais populares.
O dono de um deles é Oupa Segone, que perdeu um filho para as drogas e por isso decidiu abrir um centro de reabilitação particular.
Ele usa a terapia de grupo em uma fazenda para tentar dar uma vida normal a jovens viciados no nyaope. (fonte e foto G10
RESPOSTA: É O FIM 

segunda-feira, 16 de março de 2015

COMO FAÇO PARA AGRADECER AO CENSORES DO OEM



RESPOSTA:Resposta: 1- Fui suspenso por compartilhar um foto do Jornal O GLOBO (Protesto feito por uma grupo de feminista conto o Bolsonaro)
                    2- Por falar a verdade sobre a postagem pois o Fake Ed (Zé Ruela) ,escreveu com sarcasmo  DEUS NÃO É SURDO, inclusive foi censurado por ex- administradores deste grupo, e no fim ainda por covardia deletou a postagem .....(Cagão)
                  3- Fico feliz por vocês ter lido o meu BLOG e realmente  vocês são todos os adjetivos que publiquei ....e agora confirmado que vocês realmente são DITADORES ,DONOS DA VERDADES E COVARDES, pois depois que escreveu a minha sentença , no bate papo está babaquice acima ,bloqueou para eu não responder..........enfim CAMBADA DE BUNDA MOLE E FALSOS MORALISTAS E HIPÓCRITAS
 ............sim e como faço agora  para agradecer por ter me bloqueado ......



sábado, 7 de março de 2015

Deputado diz que “tudo que Deus fez é bom, até a maconha”


Deputado diz que “tudo que Deus fez é bom, até a maconha”, e pede a legalização da erva

                                                                 TRICHONA

Os argumentos em favor da legalização da maconha variam conforme os defensores. Há que defenda por achar que a regulamentação enfraqueceria o tráfico de drogas, há quem defenda porque a cannabis sativa é uma planta, e portanto, foi criada por Deus.
Esse é o pensamento de um deputado do estado do Texas, nos Estados Unidos. David Simpson é um defensor da descriminalização da erva e disse que “tudo que Deus criou é bom, até a maconha”.
O posicionamento favorável foi compartilhado com os leitores do Houston Chronicle, em um artigo publicado pelo jornal. Republicano, Simpson usou um tradicional ditado conservador de que “o governo não precisa proibir algo feito por Deus”.
O Texas é um dos estados mais conservadores dos Estados Unidos, e por lá, assim como no Brasil, a droga é considerada ilícita para “fins recreativos”.
“Quero mudar o foco da discussão atual sobre maconha e falar da legalização com base nos valores conservadores. Deveríamos nos concentrar em focar os esforços da Polícia em solucionar casos de estupro, roubo e assassinato, não a posse de substâncias que Deus criou”, argumentou o deputado.
A descriminalização da maconha para uso que não sejam os medicinais é vista por muitas pessoas como um equívoco. No Brasil, ativistas contrários à legalização da droga argumentam que há componentes viciantes na erva e que podem prejudicar a saúde.
Na América do Sul, o Uruguai foi o primeiro país a legalizar a maconha, e a medida foi aplaudida por políticos brasileiros favoráveis, como o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), autor de um projeto que tramita na Câmara dos Deputados para a descriminalização da droga para “fins recreativos”.
Resposta: Manda esse cara ir para CUBA liberar a Maconha lá................ Quero ver o que o Raul vai fazer com ele , no minimo PAREDON..................

quinta-feira, 5 de março de 2015

Homens se castram para chegarem “mais perto de Deus”

Qual é o limite para tentar se aproximar de Deus? Um líder espiritual indiano conseguiu convencer cerca de 400 homens a arrancarem seus testículos para se tornarem pessoas próximas de Deus.
Gurmeet Ram Rahim Singh é líder da organização Dera Sacha Sauda, reconhecido como um popstar da TV indiana, e só foi denunciado agora sete anos depois por um dissidente.
Hans Raj Chauhan, 35 anos, resolveu quebrar o silêncio e falar a respeito de um assunto tão polêmico como a castração. Segundo seu advogado, Navkiran Singh, o religioso convenceu os seguidores a arrancaram seus testículos dizendo que “somente aqueles que se castrassem seriam capazes de encontrar a Deus”.
Os membros da organização aceitaram o desafio e passaram pelo procedimento realizado por um hospital dirigido pela própria Dera Sacha Sauda.
Chaudan entrou com um processo contra o religioso em 2012 e aguarda o julgamento. Singh já foi à imprensa negar tais acusações e dizer que irá processar o ex-fiel pelas alegações.
O líder religioso tem uma fortuna que passa US$ 50 milhões, lança filmes e sua seita possui, além do hospital, fábricas, mercados, fazendas, restaurantes, hotéis, escolas e orfanatos. (fonte e foto O GLOBO)
RESPOSTA: O CARA SIMPLESMENTE E GAY ...........COMO NÃO USA CORTOU E JOGOU PARA O GATO .................. Deus disse Multiplicai Vos  e nos temos a  ferramenta , e o cara corta e joga fora isso e coisa do

quarta-feira, 4 de março de 2015

TAPA NA CARA DO ELEITOR


Com um tapa na cara, um vereador revidou as declarações dadas por um marceneiro que acompanhava a sessão da Câmara de Franca (SP) nesta terça-feira (3). Luiz Vergara (PSB) agrediu o espectador enquanto ambos discutiam, logo depois que o parlamentar anunciou ser o novo líder da bancada de apoio ao prefeito Alexandre Ferreira (PSDB)
Após bater no marceneiro, de dentro da área reservada aos vereadores, o parlamentar virou as costas para o agredido e voltou para o plenário. A agressão fez com que os óculos do espectador voassem .
Vergara, que alegou ter sido acusado pelo homem de ter se vendido por sua decisão política, confirmou que o eleitor mereceu a agressão e registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil por ameaça e difamação. O agredido não quis dar entrevista ao G1, mas informou, por telefone, que analisa que providências tomará em relação ao ocorrido.A Presidência da Câmara não confirmou, mas cogitou a possibilidade de a Comissão de Ética do Legislativo apurar a postura do parlamentar. Se isso acontecer, ele poderá sofrer sanções, dentre elas a perda do mandato, segundo o Legislativo.
'Ele merece', diz vereador
Vergara diz que começou a ser ofendido pelo marceneiro ainda enquanto falava da tribuna. Na mesma sessão, ele anunciou oficialmente que se tornou líder do prefeito de Franca na Câmara.
Ao terminar seu pronunciamento, o vereador foi até a galeria, em frente ao plenário, para atender uma mulher que o havia chamado. Em seguida, ele disse ter sido interrompido e abordado pelo cidadão que, segundo o parlamentar, perguntou por quanto ele havia se vendido para assumir seu apoio ao Executivo. Fato que o irritou e resultou na agressão."Ele estendeu o dedo e disse ‘o senhor valeu quanto?’. Isso também estava escrito nas redes sociais. Ele colocou em xeque minha idoneidade. Eu nunca me vendi e não tenho valor a ser pago, como ele sugeriu", afirmou.
Segundo Vergara, o mesmo homem já o havia provocado na semana anterior, ao mostrar-lhe notas de dinheiro enquanto ele discursava. "Chega uma hora que não tem como segurar a onda. Chegou a hora de dar um basta. Estou tranquilo em relação ao que aconteceu. Ele merece", disse.
'Tudo muito rápido'
A dona de casa Rejane Silva Barbosa, que conversava com o Vergara quando o homem se aproximou, contou que pediu calma aos dois. "[O cidadão] não estava nervoso, mas foi autoritário, agressivo. Ainda falei para Vergara não aceitar a provocação e tentei voltar para o assunto que estávamos conversando. Mas nisso ele foi questionado mais uma vez e já deu o tapa. Foi tudo muito rápido", lembrou.Ainda segundo ela, o parlamentar avisou que bateria no homem caso ele continuasse a acusá-lo. "Eu não ouvi o homem fazer nenhum ofensa moral, o que ouvi foi ele questionar de forma agressiva. Tanto que na hora eu assustei. Não achei que o vereador fosse perder o controle."
Caso de polícia
Vergara informou ter registrado boletim de ocorrência no 1º Distrito Policial de Franca por difamação e ameaça. No documento, ele relatou que vem sendo perseguido pelo cidadão com ofensas contra sua honra e dignidade, além de se sentir ameaçado física e moralmente. De acordo com ele, o agredido usou um perfil na internet para fazer as ofensas a ele. Outros colegas da Casa, segundo o vereador, também foram ofendidos.
“Nosso problema com ele não começou hoje. Ele vem provocando o Legislativo há mais de anos. Ele acha que pode xingar todo mundo", afirmou Vergara, que não acredita que receberá punições administrativas pelo ato.
Comissão de Ética
Por outro lado, o presidente da Câmara, Marco Antônio Garcia (PPS), confirmou que Vergara pode ser alvo de uma apuração por parte da Comissão de Ética do Legislativo.
"Infelizmente, o vereador não poderia ter perdido o ponto de equilíbrio. O que pode acontecer agora é qualquer cidadão ou parlamentar chamá-lo à Comissão de Ética, que ouvirá os dois lados. Entre as penalidades previstas, estão a advertência, uma suspensão ou até a cassação do mandato", explicou.
O agredido
Procurado pelo G1, o homem agredido pelo vereador não quis dar entrevista, mas disse que não definiu que providências vai tomar sobre o caso. (fonte  e foto G1)
REPOSTA: Não sei não mais eu acho que foi uma armação do embolachado em cima do vereador o diretor de imagem e o câmara estava bem posicionado ............Mais o vereador não podia ter perdido a estribeira..... agora vai virar réu tudo que o nobre eleitor queria e com prova dos fatos ..........meu amigo vereador  VOCÊ DANÇOU ....