PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

quinta-feira, 16 de março de 2017

PAI É PARA EDUCAR

Flagrado pelo pai, 'filho pichador' é obrigado a pintar muro de escola 

Caso foi na última sexta-feira (10) em Bom Jesus dos Perdões (SP).
Menino de 16 anos foi alvo de 'sermão' do pai dentro da sala de aula.


Um adolescente de 16 anos, que pichou o muro de uma escola estadual em Bom Jesus dos Perdões (SP), foi alvo de um 'sermão' do pai na frente dos colegas na sala de aula e obrigado por ele a pintar o muro do colégio para reparar o dano. O caso ocorreu na última sexta-feira (10).
O pai diz que agiu por impulso ao ir na escola dar uma 'lição' no filho , mas considera ter sido uma ação necessária depois de ter ficado entristecido com a situação.
"Eu estava passando de carro e vi o apelido dele pichado com uma tinta azul bebê que eu tinha comprado para ele pintar a bicicleta. Eu falei com a minha esposa e ela contou que já sabia [da pichação], que ele tinha admitido a autoria", contou o desenhista industrial Silvio Marcelino, pai do adolescente. A pichação tinha sido feita três meses antes.
Com a confissão do menino, ele foi até a escola Professor Francisco Damante, onde o menino estuda, durante o horário de aula, e pediu ao diretor para entrar na sala.
Assim que entrou, ele pediu licença para a professora, pegou um giz e escreveu o apelido do menino como estava no muro. Depois, perguntou se alguém sabia o que significava.
"Todo mundo disse na hora que era o apelido do meu filho. Eu disse que ele tinha escrito no muro e que isso não poderia acontecer mais e, por isso, ele ia para a casa buscar a lixa e a tinta para pintarmos o muro juntos. Eu nunca tinha falado com ele sobre isso, então não sabia se ele achava normal, mas isso não é uma arte, me doeu muito essa situação", relembrou o pai. 
Para Marcelino, ir colégio falar com os alunos sobre o ato de vandalismo e impor uma 'punição' ao filho teve como motivação a certeza que o jovem nunca mais picharia, além de considerar que promoveu uma conscientização sobre o tema com os demais adolescentes.
Reparo
Depois do sermão, pai e filho voltaram para casa, fizeram a mistura da tinta para ficar parecida com o tom usado no muro da escola e pintaram o local. Quando secou, o menino fez um grafite e desenhou uma árvore no lugar onde antes estava pichado o nome.
"A educação que eu recebi do meu pai, estou passando para o meu filho. Ele é filho único, meu companheiro, não quero que ele vá para um mau caminho. Criamos o filho para o mundo, mas eles têm que ser orientados", analisou o pai. 
O estudante, que não terá o nome divulgado para ser preservado, disse que ficou um pouco constrangido, mas que entendeu a lição do pai. À reportagem ele garantiu que não irá pichar de novo. 
"Quando ele entrou na sala, nunca achei que seria por causa disso. "Ficou uma lição, não vou fazer mais. Agora, só grafite, que é uma arte", finalizou. (FONTE G1)
RESPOSTA : QUE SIRVA DE EXEMPLO 


terça-feira, 14 de março de 2017

Pastor Falso tem um monte mais Padre Falso é Difícil

Falso padre dá golpes em lojas de materiais de construção e igrejas

Golpista se passa por padre e faz compras em nome das igrejas. 
Ao menos três igrejas foram vítimas; uma registrou o caso na polícia. 


Um falso padre está aplicando golpes em igrejas e lojas de materiais de construção de Caçapava, Taubaté e Pindamonhangaba. Por telefone, ele faz compras nos comércios em nome dos templos, retira o material, mas não paga.
O último caso ocorreu no último dia 3 em Caçapava, quando o golpista fez uma compra em nome da Paróquia do bairro Vera Cruz.
"Um indivíduo ligou se passando por padre José, passou os dados da paróquia, que temos cadastrada aqui, que compra há muito tempo em nossa loja, e fez um pedido de R$ 8 mil em fios. Emitimos uma nota fiscal eletrônica, uma via vai automaticamente para a paróquia. De lá eles viram que tinha alguma coisa errada", disse o dono do depósito, Wilson Ferrari.
A Paróquia São Vicente, em Moreira César, também foi alvo do golpe. Homens se apresentaram como representantes da igreja e compraram em dois comércios de Pinda. Além delas, a Paróquia da Vila Aparecida, em Taubaté, também teve o nome utilizado para compras de material.
O assessor da Diocese de Taubaté, padre Cleber Rodrigues, disse que o golpe é aplicado sempre da mesma forma. "A pessoa se apresenta sempre como padre José, o contato é feito por telefone e ele solicita uma grande quantidade de material", contou.
"Fica esse alerta para os depósitos, que sempre mantenham o contato direto com o padre para justamente evitar essas situações", completou.
As vítimas de Pinda registraram o caso na polícia. "Essas pessoas receberam de alguma forma informações privilegiadas, porque agiram exatamente como a igreja costuma fazer a compra", disse o delegado seccional de Taubaté, José Antônio de Paiva. A pena para o crime de estelionato vai de um a cinco anos de prisão. (Fonte G1)
Resposta; Está valendo tudo ......

sábado, 11 de março de 2017

PERDEMOS MAIS UM ADOLESCENTE PARA AS DROGAS

Adolescente é assassinado no Jardim Primavera em Guaratinguetá

Crime ocorreu na tarde desta sexta-feira (10); tiros acertaram a cabeça.
A suspeita é que o adolescente tinha envolvimento com o tráfico de drogas.


Um adolescente de 17 anos foi morto a tiros na tarde desta sexta-feira (10) em Guaratinguetá.
De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 15h no bairro Jardim Primavera. O adolescente estava andando pelas ruas do bairro quando foi baleado --
                                                                                                                                                                                                                                                                                                Pastor Ricardo |Solano :Perdemos mais um......
 os tiros atingiram a cabeça, peito e braço. A polícia suspeita que o adolescente tinha envolvimento com o tráfico de drogas. O crime será investigado.   (FONTE G1)

RESPOSTA: 


terça-feira, 7 de março de 2017

A MINHA LUTA .........É EVITAR ESSE FIM

Morte de adolescente no Habib's foi causada por

 lança-perfume, diz laudo


do necroscópico do Instituto de Criminalística (IC) aponta
 que o que matou o adolescente João Victor Souza de 
Carvalho, no dia 26 de fevereiro, após confusão no Habib's 
da Zona Norte de São Paulo foi uma parada cardiorrespiratória 
causada pelo uso de lança-perfume. A informação foi divulgada
 nesta terça-feira (7) pelo SPTV.

O resultado do exame isenta, em tese, a possibilidade de a
 morte do garoto de 13 anos ter sido causada após uma 
agressão. A Polícia Civil tinha aberto inquérito para investigar 
se o menor foi morto após apanhar ou se teve um mal súbito.
Segundo o laudo, foram encontrados tricloroetileno e clorofórmio,
 que compõem o lança-perfume, no corpo de João. De acordo
 com o exame, o uso dessas drogas pode causar arritmia
 cardíaca, ou seja, deixa os batimentos do coração
descompassados.
Ainda de acordo com o exame, ele teve convulsão e falta de 
oxigenação decorrente de um infarto. O laudo também apontou
 que foram achados traços de cocaína no sangue do garoto. 
Também foram encontradas escoriações no cadáver.
Apesar disso, as lesões não relacionam a morte a agressões.
O 28º Distrito Policial (DP), Freguesia do Ó, tinha
 registrado o caso como 'morte suspeita' a esclarecer. 
Testemunhas ouvidas pela investigação contaram ter
 visto João ser agredido por funcionários do Habib's.
Em entrevista ao G1, os empregados negaram a agressão
 e disseram que quem bateu no adolescente foi um cliente.
 Contaram ainda que o menino teve um mal súbito após
 correr e cair quando foi perseguido por pessoas que estavam
 na lanchonete. Elas tinham ido atrás de João porque o 
menino teria ameaçado jogar pedaços de pau nos vidros do
 Habib's e dos carros dos clientes.

Imagêns de câmeras de segurança gravaram o momento em 
que João aparece segurando um pedaço de madeira. 
Depois ele corre. Outras pessoas vão atrás. 
As cenas mostram ainda dois homens de branco arrastando
 João pelos braços. A polícia analisa o vídeo para comprovar
 se o menino foi agredido, o que configuraria crime de
 lesão corporal.
Segundo uma catadora e um motorista de ônibus, essas 
duas pessoas de branco estão com uniforme do Habib's e
 seriam o gerente e o supervisor da lanchonete.
“Eu tava parado no semáforo, aí daqui a pouco eu vi um
 menino passando com pedaço de pau na mão, correu na rua,
 veio o rapaz do Habib's atrás dele, e veio um outro atrás dele
 também. Mas só vi ele dando porrada no moleque, 
mas semáforo abriu e não deu pra eu ver mais nada, né?",
 falou o motorista ao SPTV, sob a condição de que seu
 rosto e nome não fossem divulgados.
Ao ser questionado de como tem certeza que eram funcionários 
do habib's, o motorista falou: “porque tavam com camisa branca 
e com símbolo do habib's e calça preta.”
“Gente, eu só espero justiça pelo meu filho. Porque... 
ele hoje não tá aqui com nóis, mas ainda os que pegaram 
ele tá solto ainda... sabe? Eu, como mãe, eu sinto que tem
 alguma coisa de errado nesse negócio”, disse Fernanda 
Cassia de Sousa, faxineira e mãe do João.
Por meio de nota, o Habib's informou neste mês que
 afastou os funcionários envolvidos no caso até o fim
 das conclusões da polícia para tomar outras medidas.
 A lanchonete ainda informou, por meio de sua assessoria,
 que repudia todo e 
qualquer ato de violência. (FONTE E FOTOS G1)

RESPOSTA: 

sexta-feira, 3 de março de 2017

COVARDIA COM MORADOR DE RUA

Três homens espancam

morador de rua 


morador de rua foi espancado por três homens 
por volta das 2h30 da madrugada desta sexta-feira
 (3) em Guarulhos, na Grande São Paulo.
Resposta  
:Covardia ...só isso 

quarta-feira, 1 de março de 2017

PARA REFLETIR BLOCO DOS CRENTES VAI PARA RUA

No período carnavalesco os pastores prendem sua ovelhas com congressos , retiros esses são aqueles que o crente não pode nem colocar o nariz para fora de casa da igreja e nem ligar televisão  , e diz que carnaval e coisa do capeta, ai que eu entro !
Se o carnaval é coisa do capeta temos que enfrentar ele de frente , estratégicas foram colocadas nos corações de lideres evangélicos,batistas  etc... para literalmente colocar o bloco na rua .
O Bloco dos crentes foi para rua e aproveitou a multidão  para evangelizar , isso mesmo evangelizar cumprir o IDE que o nosso Jesus deixou  para ser cumprido .
Legal os congressos os retiros nada contra mais estes não está cumprindo o IDE está apenas segurando a ovelha para ela não pular a cerca .
Agora vamos  ser sinceros a igreja que tem o uso e costumes como principal livro e a bíblia em segundo ,está perdendo os jovens , enquanto as igreja que só tem a bíblia como livro ,estas estão com jovens sentados nos bancos e vivendo um verdadeiro evangelho.
Só um testemunho do Pr. Silas Malafaia quando foi pregar na igreja BOLA DE NEVE.
Já preguei em muito púlpito mais em cima de uma prancha de surf é a primeira vez ,estou alegre , pois essa garotada e de oração .
Por isso eu bato na tecla e digo temos que cumprir o IDE cada um da sua maneira  e sem criticar o vizinho.

Agora eu pergunto você no congresso tocou em quantos corações de ímpios  é a turma dos blocos tocou no coração de quantos ímpios .   




RESPOSTA: