PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Idoso morre após ser atacado por dois cães pitbulls

Idoso morre após ser atacado por dois cães pitbulls em Guará, SP

Ataque foi na segunda (25) e idoso ficou na UTI até esta quarta-feira (27).
Idoso morava em asilo; circunstâncias do ataque serão investigadas.


Um idoso de 72 anos morreu na tarde desta quarta-feira (27) vítima de um ataque de dois cães da raça pitbull em Guaratinguetá  (SP). O ataque foi na tarde da última segunda (25).
A vítima, Cristovão Pereira dos Santos, tinha alzheimer e morava há uma semana em um lar para idosos na Vila Angelina.
De acordo com a família da vítima, no local há um acesso para a casa do presidente do asilo. Ao passar pelo local e entrar na propriedade do administrador do asilo, ele foi atacado pelos cachorros.
O idoso teve ferimentos na cabeça e no pescoço. Outro idoso tentou ajudá-lo e acabou sendo mordido no braço, mas passa bem.
Os vizinhos do imóvel perceberam a movimentação e tentaram interromper o ataque dos cães. "Eu ouvi uma gritaria e, em seguida, vieram pedir para a gente socorrer um idoso que estava sendo atacado por cachorro. Foi desesperador", contou Kátia de Oliveira, dona de uma empresa de engenharia que fica em frente ao asilo. Segundo a Policia Militar, o filho do dono dos animais também ajudou a socorrer a vítima. 
O idoso foi encaminhado para o Hospital Frei Galvão e ficou internado UTI desde a última segunda.  Ele não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 14h desta quarta. “Nós estamos inconformados. Depositávamos confiança no asilo”, afirmou a neta da vítima, Amanda Rodrigues.
O enterro será às 10h desta quinta-feira (28) no Cemitério da Saudade, em Guaratinguetá. O  caso será investigado pela polícia e o proprietário do cachorros pode responder por omissão de guarda de animais.
Outro lado
No Lar São José moram 24 idosos. Por meio de nota, a entidade reforçou que o incidente não ocorreu no local e que eles não possuem cachorros da raça pitbull. Ainda segundo a nota, não havia qualquer passagem destrancada que desse acesso ao local onde o idoso foi atacado.
"As circunstancias que resultaram no acesso do idoso ao local dos cães serão comentadas após a conclusão do Inquérito policial", diz trecho de nota. O asilo diz ainda que lamenta o ocorrido. 
RESPOSTA: Lamentável ...estarei orando para os familiares .

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Polícia prende ex-pastor suspeito de estuprar e transmitir HIV a filha

27/07/2016 16h04 - Atualizado em 27/07/2016 16h14

Polícia prende ex-pastor suspeito de estuprar e transmitir HIV a filha no DF

Adolescente tem 16 anos e era abusada desde os 7; ele sabia da infecção.
Esposa e outras duas mulheres também foram contaminadas, diz delegado.


A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu nesta quarta-feira (27) um ex-presidiário e ex-pastor evangélico de 53 anos suspeito de estuprar a própria filha ao longo dos últimos nove anos. Segundo a corporação, o homem transmitiu o vírus HIV para a adolescente e para a mãe dela, e pode ainda ter infectado outras mulheres – ele sabia do diagnóstico, mas não usava preservativo nas relações.
A adolescente tem 16 anos e, de acordo com a investigação, sofreu estupros constantes dentro da própria casa entre os 7 e os 10 anos, e novamente aos 14 anos de idade. Segundo o delegado-chefe de Proteção à Criança e ao Adolescente, Wisllei Salomão, o homem esperava a mãe das crianças sair de casa para praticar a violência.
"Ela [a criança] narra com detalhes os abusos que aconteceram entre os 7 e os 10 anos. A conduta dele é muito típica. Ele tentava imputar a culpa à mãe da criança e oferecia balas e bombons [à vítima]", diz Salomão.
No fim de maio, a jovem contou a uma amiga sobre os abusos e foi aconselhada a denunciar o caso à polícia. O teste de HIV foi feito na companhia da mãe, que também teria sido infectada pelo suspeito em 2006.
Após o diagnóstico, a mulher confrontou o marido na presença dos filhos e conseguiu arrancar dele uma confissão de culpa. Segundo ela, ele admitiu que estuprou a filha e que mantinha relacionamentos com outras mulheres, transando sem preservativo.
A mulher denunciou o caso à Polícia Civil, que investigou a conduta do suspeito nos últimos três meses. "A adolescente falou que, depois de denunciar, poderia viver melhor com a família por receber apoio da família e de amigos da igreja", diz Salomão. Mãe e filha foram encaminhadas para tratamento médico e estão tomando medicamentos contra o HIV.
 ex-pastor foi preso na manhã desta quarta (27) no Conic, próximo à rodoviária do Plano Piloto, enquanto revendia roupas a lojas da região. Segundo a Polícia Civil, ele já tinha sido condenado a 12 anos de prisão por outro estupro e dois furtos. O delegado não soube informar se a pena foi cumprida.
Os abusos aconteciam durante a tarde, quando a mãe saía de casa para trabalhar. Segundo o delegado, o pai também pedia que o outro filho saísse da residência para não testemunhar o crime. Até as 16h desta quarta, o homem não tinha sido ouvido pela Polícia Civil.
O homem deve ser indiciado por estupro de vulnerável, com pena de 8 a 12 anos, e lesão corporal gravíssima, com pena de 2 a 8 anos. Pelo menos duas mulheres podem ter sido infectadas pelo vírus causados da Aids, em relações extraconjugais. Possíveis vítimas ou testemunhas devem denunciar os casos à Polícia Civil ou pelo telefone 180.
Resposta: Pastor tá bom 

Menina diz que era abusada por políticos e médico

Menina diz que era abusada por políticos e médico: 'Me sinto um lixo'

Vara da Infância e Juventude de Rio Preto (SP) investiga o caso.
Adolescente afirma que recebia de R$ 50 a R$ 200 por programa.

A adolescente de 13 anos que denunciou ao Conselho Tutelar de Ipiguá (SP) ter sido vítima de abusos sexuais cometidos durante meses por políticos, médico e empresários da região falou com exclusividade para a TV TEM, na terça-feira (26), sobre o trauma pelo qual passou. "Eu me sinto um lixo, então, para mim eles são podres", diz.
A promotoria da Infância e Juventude de São José do Rio Preto (SP) investiga o caso de exploração sexual e também a aliciadora, que seria namorada de Abner Calixto, acusado de matar o delegado Guerino Solfa Neto, em junho, em Rio Preto.
Ela conta que a mãe usa drogas e a expulsou de casa no começo do ano. Por isso, foi morar na casa do namorado, em Ipiguá, cidade com cerca de 5 mil habitantes. Mesmo com o fim do relacionamento, ela continuou na casa, mas foi obrigada pela mãe do rapaz a fazer programas como forma de pagamento pela moradia. “Ela disse: 'Não vai dar para você comer nas minhas costas, bebendo, vivendo as minhas custas não'. Aí eu falei: 'Mas eu não trabalho, o que você quer que eu faça?' Ela pegou e falou assim: 'Você vai se prostituir junto comigo'. Aí eu pensei: 'vou morar na rua', fiquei sem chão. Então, aceitei a proposta dela”, afirma.
Segundo a adolescente, os encontros eram marcados pelo celular da aliciadora. A maioria dos encontros teria acontecido em um motel às margens da BR-153, entre Onda Verde (SP) e Ipiguá.
A aliciadora tem 38 anos e também faz programas, de acordo com a menor. De acordo com a investigação, ela é namorada de Abner Calixto, o acusado de matar o delegado Guerino Solfa Neto, em junho. Ele cumpria pena por outros crimes no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Rio Preto quando começou a ter um caso com ela.
A adolescente conta que quando descobriu o envolvimento do namorado da aliciadora com a morte do delegado, ficou assustada e disse que queria ir embora, mas foi agredida. “Falei que não quero fazer mais e ela começou a me agredir, disse que não ficaria mais na casa dela. Aí saí nervosa da casa e resolvi pedir ajuda”, afirma.
A adolescente disse ainda que os clientes arranjados pela dona da casa pagavam de R$ 50 a R$ 200 por encontro e que a exploração sexual aconteceu durante quatro meses. “Às vezes eles me pegavam em frente de casa, às vezes pegavam no trevo de Onda Verde ou indo para Rio Preto, para ninguém saber mesmo”, diz a menor.
Lista de clientes
O juiz da Vara da Infância e Juventude, Evandro Pelarin, já está com a lista dos supostos homens que pagaram para abusar sexualmente da adolescente. A lista tem médico, advogado, empresário, político e funcionário público. “Preocupa muito a situação, por isso que precisamos de uma investigação concreta porque há nomes de pessoas influentes na cidade, como político, comerciante e médicos da região”, afirma André Luiz de Souza, promotor da Infância e Juventude.
O juiz disse que pedirá a prisão de quem tentar obstruir a investigação. “Muito importante dizer que se houver manifestação dos suspeitos em chegar perto da menina, vamos entender como ameaça à investigação porque o caso é sério. A medida cabível de quem obstruir a investigação será a prisão”, afirma.
Uma moradora da cidade levou o caso para o Conselho Tutelar, que denunciou à Vara da Infância e Juventude. A promotoria vai encaminhar o caso para o Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público. “Juntamos os documentos necessários para analisar a questão e proteger a adolescente, que, aliás, já está protegida”, diz o promotor.
RESPOSTA: SEM COMENTÁRIOS  

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Nota Oficial do Pr. Ricardo Solano ao Prefeito de Lorena Fabio Marcondes


NOTA OFICIAL DO PR. RICARDO SOLANO BASTOS  EM RESPOSTA AO SR.PREFEITO DE LORENA FABIO MARCONDES


Meu querido amigo Fabio Marcondes
Não é a pessoa, todos nos sabemos que em qualquer lugar tem gente boa e gente que não presta,mais não posso aceitar uma pessoa, pode ser  a mais honesta desse mundo mais com ideologia contaria a minha eu sou contra a cartilha do PT que reza a ideologia de gênero , que prega a liberação da maconha ,que luta pela legalização do aborto , um partido que estimula crianças de 9 a 10 anos fazer sexo através de uma cartilha , um partido que conseguiu através da corrupção quebrar um pais em efeito domino sendo a primeira pedra a cair foi a Petrobras e fechar só no Estado de São Paulo 565,2 mil postos de trabalho . Com a ótica só em Lorena , o PT tem de fato um único representante e essa pessoa, da tribuna da Câmara não desperdiça uma única oportunidade de criticar e ofender o PSDB e principalmente o governo do Estado. De menor importância é sua atuação legislativa favorável à administração municipal.
Em poucas horas conheci manifestações de dezenas de pessoas que passaram a ter dúvidas em confirmar seus votos no Fabinho e no PSDB. Na verdade essa tal aliança serve como munição aos adversários para impingir ao PSDB as mesmas críticas que marcam o PT em razão de tudo que tem acontecido no Brasil.
A única razão de tal aliança só favorece ao PT ao tentar garantir a reeleição de seu único vereador que já na última eleição se garantiu pela legenda e não por votos próprios; em outras palavras o PSDB estaria acendendo velas para um moribundo. Com o PT estou fora do barco não vou nunca contra os meus princípios e você conhece o meu modo de ser e de agir ,pois já trocamos figurinhas a muito tempo ,e para terminar O HOMEM DE DEUS zela pela família .
Bom dia sempre na paz e na alegria do Senhor .

Pr.Ricardo Solano Bastos
Conselheiro e Vice- Presidente
Do COMAD- Conselho Municipal de Políticas Sobre Drogas de Lorena






Idosa de 92 anos foge de asilo para viver com amante

Uma idosa de 92 anos de idade fugiu de sua casa de repouso para viver com seu amante, de 87 anos.
A mulher teria se encontrado com o amor de sua vida algumas vezes, e ele aparentemente a tinha visitado na casa de repouso durante um tempo.
As pessoas começaram a procurar pela idosa da casa Vilberg, em Eidsvold, ao norte de Oslo, na Noruega, depois que seu andador foi encontrado abandonado em um parque.
A procura só foi cancelada após descobrirem que a mulher tinha se dirigido a Estocolmo, na Suécia, para ficar com seu namorado. (FONTE G1)
Resposta: O AMOR É LINDO.... E NÃO TEM IDADE 


domingo, 24 de julho de 2016

Período Eleitoral só tem ANJO em Lorena

Período Eleitoral só tem ANJO

Fico aqui vendo as publicações no FACE no Twitter  dos Pré- Candidatos  a Prefeito a Vereador  ,cada CARA DE PAU que tem que passar urgentemente Óleo de Peroba na cara o camarada xingou os usuários da rede os quase  4 anos de mandando é agora vem chamando os usuários de amigos ...faça
o favor , vereador que nunca fez meleca nenhuma agora vem postando vídeos e mostrando trabalho nas ruas em pleno recesso ........só otario  para acreditar que isso não é marketing político é prefeito inaugurando obras inacabadas só para ter foguetório e fotos para a rede e o cara nunca deu parabéns na rede nem para o filho dele agora ta La parabéns do vereador até para o gato da dona Maria ...kkkkkkkkkkkk
Mais o Povo não é bobo o povo cansou de Plá Plá e tapinhas nas costas o povo agora esta tomando MEMORIOL e está lembrando de tudo inclusive quando algum vereadores baixava o porrete na sessões transmitidas pela internet chamando o internautas de bobos e vagabundos
Agora nas urnas vamos mostrar quem e bobo e vagabundo...................
Pode ter certeza vamos renovar 80% desta câmara  e minha bola de cristal está mostrando que o PT   não ganha nem para sindico de predinho .... XÓ PT 



Menos Drogas nas Ruas de Lorena

Mulher é presa com mais de 15 quilos de maconha em Lorena, SP

Ocorrência foi registrada na noite desta quinta-feira (20).
Ela foi encontrada com 17 tijolos de maconha após denúncia anônima.


Uma mulher de 32 anos foi preso por tráfico de drogas nesta quarta-feira (20) em Lorena. Ela foi encontrada com 17 tijolos de maconha após uma denúncia anônima.
A abordagem aconteceu no bairro da Cruz, na travessa Virgilina Eufrazia de Oliveira. De acordo com a Polícia Militar, a criminosa armazenava em casa 15,7 quilos em tijolos de maconha.
A PM informou que a criminosa foi encaminhada para a delegacia policial da cidade, onde foi registrada a ocorrência.

Resposta: Menos Lixo nas ruas de Lorena Parabéns a PM


sábado, 23 de julho de 2016

MP investiga igreja por mensagem que sugere morte de gays.

Ministério Público investiga igreja por mensagem que sugere morte de gays

Situação foi registrada em Porto de Sauípe, Litoral Norte da Bahia.
Caso foi denunciado ao órgão por um morador da localidade.


O Ministério Público da Bahia (MP-BA) investiga uma denúncia contra uma igreja evangélica que fica em Porto de Sauípe, no Litoral Norte do estado, por conta de uma mensagem exposta na fachada do templo religioso, que sugere que gays devem ser mortos. "Se um homem tiver relacionamento com outro homem, os dois deverão ser mortos por causa desse ato nojento; eles serão responsáveis pela sua própria morte”, diz a mensagem.

Em contato com o G1 nesta sexta-feira (22), a promotora de Justiça e coordenadora do Centro de Apoio dos Direitos Humanos do MP-BA, Márcia Teixeira, disse que recebeu a denúncia de um morador da localidade. Para ela, a mensagem pode ser considerada uma incitação ao crime.
Outra placa, com a mensagem “Você é livre para fazer suas escolhas, mas não é livre para escolher as consequências”, foi colocada na frente da igreja e também será alvo de apuração do Ministério Público da Bahia, segundo informou a promotora.
O caso foi encaminhado ao promotor criminal responsável pela região, Dário Kist, que deve começar a apurar a situação a partir da segunda-feira (25). Conforme Márcia Teixeira, Kist vai analisar se um inquérito civil será ou não aberto contra o templo religioso.
A igreja pertence à Congregação Batista Bíblica Salém. O pastor Milton França, que há seis anos coordena o local, disse que a placa possui apenas um trecho bíblico e que não incita a violência. Ele disse, ainda, que aguarda decisão da Justiça sobre o caso. "Eu fiz o que de errado? Onde está o meu erro? Eu transcrevi aqui. É a palavra de Deus", afirmou.
Ainda conforme a promotora Márcia Teixeira, estimular a violência é crime previsto no Código Penal, cuja pena varia de três a seis meses de prisão e multa. Além disso, segundo ela, cabe uma indenização coletiva à população local.
"Ainda tem uma pena pecuniária para que possa fazer uma campanha, uma cartilha, sobre os direitos LGBTs, sobre a dignidade da pessoa humana, sobre o respeito ao próxim. Isso, realmente, é muito grave. A liberdade religiosa, o direito à manifestação religiosa, não autoriza ninguém a fazer apologia ao crime", destacou a promotora.

RESPOSTA: Esse parágrafo é um texto bíblico, se for aceita a denúncia, logicamente, a bíblia teria que ser proibida........... Como eu acho que família 

NOS ESTAMOS NO TEMPO DA GRAÇA ......NOVO TESTAMENTO .........                                          
                  É HOMEM + MULHER = FILHOS 




sexta-feira, 22 de julho de 2016

MENOS LIXO NAS RUAS DE LORENA

Mulher é presa com mais de 15 quilos de maconha em Lorena, SP

Ocorrência foi registrada na noite desta quinta-feira (20).
Ela foi encontrada com 17 tijolos de maconha após denúncia anônima.


Uma mulher de 32 anos foi preso por tráfico de drogas nesta quarta-feira (20) em Lorena. Ela foi encontrada com 17 tijolos de maconha após uma denúncia anônima.
A abordagem aconteceu no bairro da Cruz, na travessa Virgilina Eufrazia de Oliveira. De acordo com a Polícia Militar, a criminosa armazenava em casa 15,7 quilos em tijolos de maconha.
A PM informou que a criminosa foi encaminhada para a delegacia policial da cidade, onde foi registrada a ocorrência.
Resposta: Parabéns a PM menos lixo nas ruas de Lorena 

quarta-feira, 20 de julho de 2016

PASTOR FAZ BABAQUICE NO TOCANTINS


Pastor é acusado de destruir cruz histórica em cidade do TO

O objeto ficava no morro mais alto da cidade e era símbolo importante para os católicos.

Um pastor está sendo acusado de ter quebrado a cruz fixada em um morro em Taipas do
Tocantins. A denúncia foi feita por católicos que registraram um boletim de ocorrência contra o pastor por vandalismo.
Quem acusa o evangélico é Maria Dolores da Silva Sá, ela afirma que viu através de um binóculo “uma movimentação estranha” no morro onde a cruz estava fixada.
Ela e outras pessoas subiram no morro na última terça-feira (12) e questionaram o pastor pelos motivos que ele tinha para destruir o objeto.
“O pastor disse que nós não estávamos recebendo as bênçãos por causa dela. Eu cheguei a chorar. A gente ficava sentado no banco olhando para ela. O detalhe é que quem a colocou no morro já morreu, era membro da igreja”, afirma Maria.
Outros fiéis da igreja foram avisados por ela e voltaram para o morro para ver se realmente a cruz estava destruída. Eles encontraram o objeto jogado em uma vala, com um dos braços quebrados.
Segundo a coordenadora da igreja e ministra da palavra, Rosa Alves de Sá, o pastor tentou remover a cruz, como não conseguiu, quebrou o objeto. “Eles tentaram arrancar. Como não conseguiram, quebraram a base dela com um facão e jogaram numa vala”.
Rosa conta que a cruz foi construída em 1984 e sua história está ligada à primeira igreja católica que foi construída na cidade, precisando do apoio e mobilização de toda a comunidade católica para ser erguida.
“O templo foi construído por meio de doações. Todo mundo se uniu para ajudar. Lembro que naquele ano meu marido resolveu construir a cruz para ser o marco histórico da construção da igreja católica na cidade. Ela foi fixada em frente ao templo”, explicou Rosa.
Há cerca de 10 anos, porém, a prefeitura construiu uma praça em frente a igreja e removeu a cruz. “A cruz ficou encostada. Para dar uma utilidade a ela, resolvemos fixá-la na altura do morro. Ela ficava visível, toda a população via.”
O pastor acusado não teve seu nome revelado, a reportagem do G1 afirma que ele mora em Aparecida de Goiânia, mas estava na cidade para pregar em um culto. Ele não foi localizado para dar sua versão.

Resposta: Tem tanta coisa para fazer e esse babaca vai mexer com o que está queto  Vai lavar roupa pastor  .

domingo, 10 de julho de 2016

COMUNHÃO NA CGADB O DINHEIRO FALA MAIS ALTO

“Acordo de paz” na CGADB resulta na reintegração do pastor Samuel Câmara à entidade

Um acordo pode, finalmente, trazer paz à Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB). A entidade esteve no centro de uma disputa desde 2013, que terminou em processos judiciais e muitas trocas de acusações entre o pastor José Wellington Bezerra da Costa e seus aliados, e os pastores Samuel Câmara, Jônatas Câmara e Ivan Bastos, opositores.
Samuel Câmara havia sido expulso da CGADB em maio de 2013, acusado de quebra de decoro durante a reunião da Assembleia Geral Extraordinária (AGE) que aconteceu entre os dias 6 e 8 de Junho de 2012 em Alagoas.
Na ocasião, vários pastores ligados a Samuel Câmara realizaram um protesto no evento devido a acusações de irregularidades, e depois disso a Assembleia Geral chegou a ser anulada na Justiça após um pedido da Convenção Fraternal do Estado do Espírito Santo (CONFRATERES).
O pastor Samuel Câmara – que há anos tenta chegar à presidência da CGADB – chegou a conseguir sua reintegração à entidade através de uma liminar na Justiça, mas a ação foi cassada pelo grupo de José Wellington.
Uma reunião realizada na última quinta-feira, 07 de julho, entre a Mesa Diretora da CGADB e o trio de pastores opositores selou a paz, e um acordo para a reintegração dos Câmara e de Bastos foi assinado.
O pastor Geremias do Couto informou que Ivan Bastos, como líder da CONFRATERES, passará a ocupar o cargo de tesoureiro da CGADB.
O acordo foi possível porque ambas as partes se comprometeram a retirar todas as ações da Justiça, pois boa parte delas cobravam multas da CGADB, bloqueando as contas da entidade, da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD) e do pastor José Wellington Bezerra da Costa, atual presidente da entidade.
Esse bloqueio acontecia devido a uma determinação da 1ª Vara Cível e de Acidentes do Trabalho de Manaus (AM), que interveio devido à falta de pagamento de R$ 9 milhões referentes às multas acumuladas.
Bastos comentou o acordo em entrevista ao JM Notícias: “O pastor Samuel retirou todos os processos e foi reintegrado a CGADB. Vivemos em tempo de paz. Assinamos ontem um documento, perante à Mesa Diretora, perante nossos advogados, todos assinaram a ata”.
Com o acordo, foi anunciado que em 2017, ano da próxima eleição na CGADB, a proposta de chapa única será abandonada, com os interessados podendo lançar suas candidaturas de forma livre.




RESPOSTA:  Este e meu Pastor "MEXEU NO BOLSO A COMUNHÃO VOLTOU"
                                    



sábado, 9 de julho de 2016

Bianca Toledo revela detalhes de como descobriu os abusos sexuais de Felipe Heiderich

A cantora Bianca Toledo publicou novos comentários em suas redes sociais sobre a delicada situação que está atravessando sobre a prisão de seu ex-marido, pastor Felipe Heiderich, acusado de abuso sexual infantil.
Felipe teria admitido a Bianca ser homossexual e ter abusado do filho dela, José Vittorio, de cinco anos de idade.
Na legenda de uma imagem, Bianca desabafou: “Aprendi há alguns anos atrás que há um tesouro na dor. E como esse aprendizado tem me restabelecido neste momento! Estou doendo, mas aprendendo muito. Hoje estamos virando uma página. O que eu precisava comunicar a vocês o fiz e sei que clamam por mim e por Vittorio. Não falarei mais disso”, disse a cantora em seu perfil no Instagram.
Bianca Toledo acrescentou: “Novamente perdi o chão e vi que isso não era novo pra mim. Aprendi a abrir as asas! Não desejo a ninguém o que vi, ouvi e senti no último mês. Mas Deus falou comigo enquanto me tomava nos braços de volta ao seu amor sem fim e me fez lembrar que me ressuscitou para anunciar sua volta em Jesus preparando a igreja para este iminente encontro”.
Em uma entrevista ao jornal Extra, Bianca Toledo contou que os abusos contra seu filho aconteciam quando ela estava em viagens a trabalho: “Como pastora, já tratei muitos casos, mas nunca achei que aconteceria na minha casa. Deus foi muito bom comigo porque eu descobri de forma muita rápida e com a linguagem dele. Tentei explicar o que estava acontecendo de forma com que ele entendesse. Eu precisava agir de forma enérgica para protegê-lo”, disse, referindo-se ao próprio filho.
Quando descobriu o que estava havendo, ela disse que procurou ajuda de um especialista para ter certeza do que se tratava: “Eu deixava ele sempre com babá. Depois que começou a investigação, descobri que ele dispensava as babás sem eu saber. Elas achavam que eu estava de acordo. Havia denúncia até de quando ele era menorzinho, mas infelizmente nunca me contaram nada. Coisas de 2 anos ou 3 anos atrás”.
Uma revelação feita por ela na entrevista pode mudar a forma de enxergar o caso. Bianca disse ao jornal que, mesmo quando não imaginava que seu filho estava sendo abusado, desconfiava do comportamento do marido por outros motivos, já que após seis meses de casamento, ele passou a se recusar a manter relações sexuais com ela.
Segundo Bianca Toledo, Felipe chegou a usar um câncer como justificativa para o desinteresse, e ela, intrigada, marcou uma consulta com um médico: “Ele falou que queria ir sozinho, para falar sobre coisas do passado dele que não queria que eu escutasse. Quando voltou disse que estava diagnosticado com a doença, mas não mostrou nada comprovando. Liguei para a médica, que me disse que ele tinha mentido. Contou também que meu marido tinha dupla personalidade e é homossexual”, afirmou.

Horror

Na entrevista, Bianca revelou que conduziu o diálogo com o filho de maneira leve, para extrair o máximo que podia do menino, sem agravar os traumas: “Tentei tratar o tema de forma bem lúdica. Perguntei onde ele dormia quando a mamãe viajava. E ele disse que era na cama junto com o papai. Perguntei também se alguma vez o papai tinha dado banho nele. E o relato foi horrível”.
Por outro lado, Bianca disse que precisava de maiores confirmações sobre o caso, e assim, passou a conversar com Felipe como se acreditasse na doença que ele alegava ter, enquanto levava o filho a uma terapeuta, para que ele pudesse falar sobre o ocorrido.
“Na primeira consulta, ele disse que tinha muitos segredos a contar. Mas somente na segunda consulta entrou nos detalhes. Eu gravei tudo”, contou, dizendo que procurou advogados na sequência, para obter orientações, antes de confrontar Felipe Heiderich.
“Ele num primeiro momento disse que não havia ‘curado’ a sua homossexualidade. Argumentei que já sabia que ele estava abusando do meu filho e que em cinco dias tomaria as providências necessárias”, revelou, acrescentando que no mesmo dia se hospedou em um hotel.
Para Bianca, a tentativa de suicídio de Felipe Heiderich foi uma simulação, supostamente para criar um fato que amenizasse as acusações: “Ele mandou uma mensagem para um amigo dizendo que tinha desistido da vida e que iria se matar. Ao chegarem ao apartamento, encontraram fotos minhas e do meu filho espalhadas pelo chão e uma carta em que ele dizia que tinha tomado duas caixa de tranquilizante”.
Socorrido, o pastor foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro (RJ), e horas depois, foi transferido para uma clínica psiquiátrica. “Lá ele foi diagnosticado com dupla personalidade e transtornos de personalidade. Eu queria que ele ficasse internado, mas meu advogado me disse que, se eu não denunciasse o caso à polícia, eu seria cúmplice. No mesmo dia fui à delegacia”, concluiu. Fonte GOSPEL
RESPOSTA: E lamentável ter que publicar , mais não podemos omitir nada tão terrível   

sábado, 2 de julho de 2016

MINHA PLATAFORMA DE ELEITOR




PRE- CANDIDATO A ELEITOR
ESSE ANO ESTÁ DIFÍCIL DE ESCOLHER  










Alugo vidro traseiro de meu carro para plotagem de adesivo de candidato de qualquer partido.
R$ 400,00 até as eleições - (sem garantia)
R$ 800,00 até as eleições - (com garantia - Não será arrancado antes)
Acréscimo de 50% para candidato Ficha Suja.
Outros serviços:
R$ 100,00/hora: Balançar bandeira em comício
R$ 160,00/hora: Balançar bandeira em comício (setor sem asfalto)
R$ 300,00/evento: Fazer caminhada logo atrás do candidato distribuindo santinho e sorrindo.
R$ 200,00/carreata + requisição de gasolina: S/ buzina
R$ 250,00/carreata + requisição de gasolina: Buzinando
R$ 250,00/Discutir política (sem perder a amizade)
R$ 1.350,00/Perdendo a amizade
Serviços com preços a combinar:
*Fazer política pelo Facebook
*Trocar capa do Facebook
*Curtir páginas de candidatos
*Xerox do título de eleitor sem garantia de voto
*Defender candidato em postagens de amigos
*Distribuir cesta básica