PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Padre argentino acusado de abuso sexual é condenado a 15 anos de prisão



Grassi, que dirigia fundação que ajudava crianças, disse ser inocente.Caso veio à luz em 2002 após denúncia de uma das supostas vítimas.
O sacerdote católico argentino Julio César Grassi, de 52 anos, foi condenado nesta quarta-feira (10) a 15 anos de prisão por abuso sexual e corrupção de um menor, segundo a Justiça. Grassi era o responsável por uma fundação que ajudava cerca de 6 mil crianças desamparadas, a Fundación Felices Los Niños (Fundação Crianças Felizes). O tribunal da cidade de Morón, próximo a Buenos Aires,decidiu que Grassi só começará a cumprir pena quando a sentença for confirmada por um tribunal de cassação. Nesse período, o sacerdote não pode nem sair do país, nem entrar em contato com menores.
O religioso também precisará se apresentar uma vez por mês no tribunal, segundo estabeleceu o veredicto, que foi anunciado após nove meses de um julgamento oral pelo qual passaram 130 testemunhas.Grassi tinha sido acusado por três casos de abuso sexual e corrupção de menores, mas só um foi considerado comprovado pelo tribunal. Durante o julgamento, ele se declarou inocente.O religioso foi bastante popular nos anos 90, quando criou a Fundação Felizes as Crianças, a qual se tornou uma das obras beneficentes que mais dinheiro administrou no país, por conta das ligações de Grassi com o governo federal. O julgamento oral, mas não público, tomou como base o caso de "Ezequiel", "Gabriel" e "Luis", os três denunciantes. O caso veio à luz em 2002.Os denunciantes tinham 9, 13 e 17 anos quando foram vítimas de supostos abusos sexuais por parte do sacerdote, com quem viviam na fundação.Após o anúncio da sentença, grupos pró e contra o padre entraram em confronto diante do tribunal, mas não houve feridos ou prisões.
Resposta: E triste ver um sacerdote nesta condição, como diz o apresentador de TV Ratinho quando confirmado tem que cortar o BILAU do cidadão.......será que o Ratinho tá certo

terça-feira, 9 de junho de 2009

Preso homem que gravou vídeo ensinando filho a roubar



São Paulo - Terminou hoje a procura por Rafael Borba, acusado de envolvimento no sequestro de mãe e filho em Santa Catarina, no início deste mês. Ele também ficou conhecido após a divulgação de um vídeo em que aparecia ensinando o filho e a sobrinha, de 4 e 3 anos, respectivamente, a roubar e agredir. Pela manhã, a polícia o capturou em uma casa em Itajaí, no litoral norte do Estado. "Estávamos monitorando uma pessoa com quem ele mantinha contato", explicou o delegado Renato Hendges, titular da delegacia de Antissequestro da Diretoria Estadual de Investigações Criminais.
Além da participação no sequestro da professora Benta Pivatto, de 43 anos, e do filho dela, Igor Pivatto, de 3 anos, libertados após o pagamento do resgate de R$ 57 mil, Borba era procurado por crimes cometidos no Paraná. Já o vídeo em que ficou conhecido foi encontrado pela polícia há seis dias na casa da cunhada dele, Christiane Stem.


Resposta: O ser humano está se transformando em que em animal não pois o animal não ensina a sua cria a roubar nem a matar o seu semelhante , que Deus tenha misericórdia .

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Pastor é preso por receptação de veículo furtado no Rio


O pastor evangélico da igreja Assembléia de Deus Almir Martins Figueiredo, 47 anos, foi preso, nessa terça-feira, no Rio de Janeiro, por receptação de um veículo furtado e outro roubado. De acordo com a delegada Adriana Belém, ele foi autuado e levado para a Divisão de Capturas da Polinter, onde ficará a disposição da Justiça.
Na área onde fica a igreja, no bairro do Jacaré, policiais da 25ª DP (Engenho Novo), encontraram um Ford Fiesta que tinha sido furtado no dia 21 de maio de 2008. Uma moto Kawasaki que foi roubada em abril deste ano também foi recuperada. O pastor disse que alugava vagas de estacionamento no pátio da igreja e que não sabia de quem era os veículos.


Resposta: Eu acho que o Pastor deveria orar mais e vigiar mais em uma área como o Jacaré todo cuidado e pouco pois nesta região o trafico impera e por detrás do trafico, todos os tipos de delito são cometidos e os ladrões para não despertar suspeita alugaram as vagas no patio da igreja , será ? Espero que sim vamos orar e vigiar.....atenção senhores pastores patio de igreja não e estacionamento ou se for legalize para evitar problemas futuros.............