PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

terça-feira, 28 de outubro de 2014

VERGONHA PROFETA MACEDÃO TRE fecha igrejas evangélicas por propaganda irregular e não dá previsão de reabertura

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro lacrou templos das igrejas Universal do Reino de Deus e Mundial do Poder de Deus por conta de propaganda eleitoral irregular no último sábado.
Os templos da Igreja Universal que foram lacrados são a antiga sede da denominação, em Del Castilho, além da filial em Duque de Caxias.
A Justiça Eleitoral determinou que os templos fossem lacrados após uma denúncia anônima. Os fiscais do TRE encontraram material de campanha pró Marcelo Crivella (PRB) e um relatório com instruções que deveriam ser usadas pelos fiéis da denominação que atuariam como militantes.
De acordo com informações do jornal Dia, o relatório apreendido pede a mobilização “através dos grupos da IURD” para uma reunião com pastores e líderes de denominações evangélicas para pedir votos para o “bispo Crivella”.
“Convocar todos os grupos para todos os dias executarmos a ‘Crivellização’, onde indicaremos os melhores lugares a serem alcançados. Necessidade de pelo menos 15 pessoas para o trabalho”, diz um trecho do relatório que foi destacado.
A assessoria de imprensa da Igreja Universal afirmou que “a instituição apurou até agora que um membro da igreja, que fazia trabalho voluntário para o candidato Marcelo Crivella fora do templo de Duque de Caxias (RJ), deixou o material em uma sala, por esquecimento”, e acrescentou que “é lamentável que a igreja esteja sendo punida pelo lapso de um único indivíduo. Contudo, temos confiança de que a situação será esclarecida e a justiça feita”.
Marcelo Crivella se posicionou sobre o episódio através de sua assessoria, e o texto diz que o senador e bispo licenciado da Universal “acha que não se deve fazer nenhuma política dentro de igrejas. E recomenda que não seja feita”, além de acrescentar que “Crivella não foi a nenhuma igreja durante toda a campanha e tampouco exerce qualquer cargo na IURD há mais de dez anos”.

Perseguição?

De acordo com a TV Brasil, um templo da Igreja Mundial também teria sido lacrado pelos mesmos motivos da Igreja Universal. No entanto, a reportagem não informa a localização do templo, muito menos a quem pertenceria o material de campanha supostamente localizado.
O pastor Silas Malafaia usou seu Twitter para informar que um templo da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) também foi vistoriado pelos fiscais do TRE, porém nenhum material de campanha foi encontrado.
“O TRE vasculhou a igreja que sou pastor, sala por sala, nada encontraram. Aqui não é comitê eleitoral, diferente do que Crivella fez com a IURD”, escreveu o pastor Silas Malafaia, que apoiou Luiz Fernando Pezão (PMDB), candidato eleito.
A cantora e pastora Fernanda Brum publicou no Facebook uma imagem em protesto ao fechamento dos templos da Igreja Universal do Reino de Deus e afirmou que a ação era fruto de perseguição religiosa: “15 igrejas Universal lacradas hoje! Começou a perseguição! Vão fechar as nossas também? Minha tenda estará aberta? Que absurdo! Que absurdo! Foto da Catedral em Del Castilho. A guerra eleitoral mexe com líderes, mas não toca na noiva! Não toca no povo de Deus! Vamos orar pessoal! Vamos vigiar!”, publicou a cantora, contradizendo a informação oficial da Justiça Eleitoral de que apenas dois templos foram lacrados.
O pastor Silas Malafaia usou seu Twitter para ponderar as afirmações de Fernanda Brum: “Querida Fernanda Brum, lhe admiro muito, as IURD estão fechadas não por perseguição política e sim por serem usadas como comitê eleitoral. Lamentavelmente Crivella usou as IURD como comitê, quem fechou foi o TRE. Eles também vieram na minha igreja e vasculharam, nada encontraram. A igreja que sou pastor está aberta porque depois da vistoria do TRE, nada encontraram, diferente do que aconteceu na IURD, verdadeiro comitê”.
O Tribunal Regional Eleitoral informou que os templos lacrados continuarão fechados até que a Justiça Eleitoral tome uma decisão a respeito: “A determinação da coordenadoria de fiscalização do TRE é que fique fechada até o final da eleição, mas nós não sabemos se será reaberta na segunda-feira (27). Ainda não temos como afirmar, isso será decidido”, afirmou Adriana Brandão, diretora-geral do TRE-RJ.
RESPOSTA: TEM QUE LACRAR SIM E UMA IGREJA E NÃO COMITÊ ELEITORAL 

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

JEAN WYLLYS MINISTRO DA JUVENTUDE

Dilma diz que Jean Wyllys será “representante da juventude brasileira”; Malafaia reage: “Evangélicos, acordem!”

A presidente Dilma Rousseff (PT) anunciou na última semana que Jean Wyllys (PSOL) será o “representante da juventude brasileira” no seu governo.
O deputado federal e ativista gay, que foi opositor da presidente e teceu diversas críticas a ela por recuar diante dos protestos da bancada evangélica e não acatar parte das exigências da militância homossexual, agora virou seu aliado.
A justificativa usada por Dilma Rousseff para indicar Wyllys para a função foi repetir o discurso dos ativistas gays: “Tenho o compromisso de lutar contra a discriminação da juventude negra neste país, contra os autos de resistência, contra esse morticínio, assim como eu tenho compromisso de lutar contra violência que motiva a mulher, assim como contra a homofobia, temos de criminalizar a homofobia”, disse a presidente, segundo informações do portal Terra.
Durante a reta final dos programas da propaganda eleitoral gratuita, Dilma mostrou imagens de um discurso do ex-presidente Lula, e ela aparece acompanhada de Jean Wyllys e de uma mãe de santo.
O pastor Silas Malafaia comentou o episódio e afirmou que a união política de Dilma e Wyllys é simbólica: “Evangélicos acordem! Dilma escolheu o deputado ativista gay Jean Wyllys para representar a juventude. É o mesmo que luta contra nossos princípios”, criticou o pastor.
“Bateu o desespero nos fundamentalistas! Depois de terem apostado todas as suas fichas na campanha do Aécio (inclusive alguns que, na eleição anterior, apoiaram a Dilma), as pesquisas estão frustrando suas esperanças de eleger o governo dos seus sonhos, mistura de neoliberalismo radical, conservadorismo extremo e macartismo vintage. E, desesperados, querem um culpado”, escreveu Wyllys, insinuando que tornou-se alvo de ataque porque Dilma poderia vencer as eleições.
Alguns internautas se posicionaram sobre o assunto e criticaram Jean Wyllys: “Sou gay e não concordo com você, aliás, não da nem pra confiar em você pôs você vivia criticando a Dilma e agora está inventando as coisas pra eleger a mesma. Vai ganhar algum cargo de ministro?”, questionou um dos usuários da rede social.
RESPOSTA: 

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Pastor de megaigreja abandona família para viver nas ruas

Rick Cole é o líder da megaigreja Capital Christian Center, na cidade de Sacramento, Califórnia, que reúne mais de 4 mil membros.
Mês passado, ele iniciou um desafio pessoal que tomou a igreja de surpresa. Cole abandonou sua família e o púlpito para viver nas ruas da cidade por dois meses (ou até que os membros de sua igreja levantassem US$ 100 mil em doações).
O dinheiro irá para o projeto Winter Sanctuary [Santuário de inverno], que auxiliará os sem-teto. Serão ônibus que recolherão homens e mulheres e os levarão para igrejas e templos em noites frias e chuvosas, oferecerão refeições quentes e ajuda para quem desejar sair das ruas. O objetivo é substituir um programa do município que terminou por causa de cortes orçamentários.
Em apenas duas semanas a arrecadação chegou a 144 mil dólares e o pastor voltou para casa. Ele conta sua história no site revonthestreet.com. No último final de semana subi ao púlpito com o visual mudado (pois não se barbeou no período) e usando as mesmas roupas sujas. Pregou um sermão baseado em suas experiências vividas nas ruas de Sacramento. Relatou que dormiu em um beco várias noites seguidas e como viveu sem dinheiro e sem saber de onde viria a refeição seguinte. Explicou que alguns dias só comeu por que havia uma igreja distribuindo sopa no parque da cidade.
Pediu que os cristãos se envolvam mais com as questões sociais e afirmou que a experiência mudou sua visão de mundo de maneiras que ainda estava tentando entender.
“Eu comecei a perceber o valor de cada pessoa”, disse ele, visivelmente emocionado. “Toda alma é importante, até mesmo os loucos”. No final fez um apelo para que a igreja anuncie esperança: “Deus, em seu Espírito, está lá fora, nas ruas”.
A iniciativa de Cole não é inédita. Em 2012, o pastor Buff Dustin e o pastor de jovens Philip Nguyen viveram por 10 dias nas ruas de Norman, cidade do Estado de Oklahoma.
A experiência também foi vivida por alguns dias pelo pastor Thomas Keinath, da megaigreja Calvary Temple, localizada em Wayne, New Jersey. Com informações de Urban Christian News
Resposta: Por isso eu luto, e vou tirar do papel em 2015 o HOTEL POPULAR 

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

PT critica conservadorismo no Congresso e prevê dificuldade para legalização do aborto e maconha

A nova formatação do Congresso Nacional, descrita como a mais conservadora dos últimos 50 anos, poderá impor sérias dificuldades à aprovação de pautas consideradas “progressistas”, como por exemplo, legalização do aborto e descriminalização da maconha.
Dentro desse cenário, o Partido dos Trabalhadores publicou em seu site oficial um artigo com críticas ao perfil dos parlamentares escolhidos nas urnas. Nestas eleições, o PT teve uma redução no número de deputados federais e senadores.
O artigo tem um título sarcástico – “Novo Congresso será Jurassic Park ideológico” – e afirma que “no domingo passado [05 de outubro], emergiu um Parlamento repleto de religiosos, ruralistas e militares de extrema-direita como há muito não se via no Brasil”.
Sem reconhecer que a escolha dos eleitores foi uma reação aos escândalos de corrupção que levaram parlamentares petistas à prisão, como João Paulo Cunha e José Genoíno (PT-SP), e à forte ideologia de esquerda contida em suas propostas, o partido afirma que a eleição de religiosos e conservadores é “reflexo do clima geral de desqualificação da política”.
No texto, o PT expõe seu temor de que o novo Congresso Nacional seja avesso às suas principais propostas ideológicas: “O novo quadro dificultará o debate sobre pautas como a união homoafetiva, a legalização do aborto e a descriminalização da maconha para fins medicinais e de consumo recreativo”, diz o artigo, em tom de lamento.
O PT afirma ainda que a esperança de que essas pautas sejam aprovadas reside na possibilidade da atual presidente vencer as eleições: “Se a Dilma for eleita, essas pautas terão mais condições de resistir, porque Aécio [Neves] não tem uma postura clara em relação a elas”.
O deputado federal Nilmário Miranda (PT-MG), vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), também lamentou a reeleição dos oposicionistas Jair Bolsonaro (PP-RJ) e pastor Marco Feliciano (PSC-SP): “O primeiro é defensor da ditadura, da tortura, da pena de morte, da redução da maioridade penal e contrário ao casamento homoafetivo. Feliciano também é contra a união entre pessoas do mesmo sexo e chegou a ser denunciado por declarações racistas feitas pelo Twitter”, criticou o parlamentar, segundo informações do Novo Guia.
RESPOSTA:  A LUTA CONTINUA PELA FAMÍLIA 

terça-feira, 7 de outubro de 2014

PROFETADAS ELEIÇÕES 2014

“Profecias” (PROFETADAS) sobre a vitória de Marina Silva na eleição presidencial falham.....


Após a morte de Eduardo Campos e a oficialização de Marina Silva como candidata do PSB à presidência, vídeos com “profecias” sobre a vitória da missionária assembleiana começaram a fazer sucesso nas redes sociais.
Um vídeo gravado em 2011 mostrava um pastor norte-americano que fazia a preleção em um evento de adoração em São Paulo e dizia que Deus levantaria “uma mulher de acordo com Seu coração para governar o país”.
Bob Hazlett narrou uma visão que teve do cenário político do Brasil e falou que Deus o havia mostrado um homem que atua nos bastidores da política e “manipula uma mulher como marionete”, fazendo referências indireta ao ex-presidente Lula.
“Deus disse que vai mudar a estrutura política desta nação, pois o inimigo já tem dito que controla as casas do Poder, a presidência, mas eu escuto nosso Senhor dizer ‘Eu levanto os reis, e eu também os derrubo’. Me ouçam: eu vi algo no Espírito, e eu não sei nada da estrutura política deste país, mas eu vi uma pessoa que levanta reis, um homem que disse ‘eu vou ser aquele que levantará reis’, e ele estava puxando as cordas de uma mulher na liderança do Estado, e ela era sua marionete, pois ele dizia ‘ela vai fazer aquilo que eu mandá-la fazer’. Mas eu vi a Palavra do Senhor vir como uma espada e começou a cortas as cordas dessa manipulação. E o que eu vou dizer, direi com temor ao Senhor: há homens no Poder e um homem específico que está por trás da cena e tem controlado as coisas e eu ouvi o Senhor dizer que este ano ele mudará o controle da nação, e aqueles que pensavam que controlavam a vida dessa nação têm suas vidas na mão de Deus”, dizia Bob Hazlett no vídeo. Confira:

Ana Paula Valadão

Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra a pastora da Igreja Batista da Lagoinha (IBL)profetizando aos gritos que “é chegada a hora da igreja” subir ao poder na política.
“Envie teu povo para toda parte desta sociedade e nós ousadamente declaramos que iremos sim para aquela área mais temida das trevas para que a nossa invasão venha mudar a história. Nós estamos indo Satanás para a política brasileira e as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja do Senhor. Sai, vai pra fora Igreja, vai para os lugares mais escuros enviar a tua luz, é chegada a tua hora, é chegada a hora da igreja”, dizia Ana Paula.
Internautas entusiastas da candidatura de Marina Silva editaram o vídeo e atribuíram a “profecia” da ministra de louvor líder do Diante do Trono a Marina Silva, inserindo inclusive a vinheta usada pela equipe de campanha da candidata em seus vídeos oficiais.
RESPOSTA : VIVA O MARCOS FELICIANO e o Silas Malafaia   kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk