PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Atriz de 16 anos que mostra seio em peça nega pornografia: 'É poético'



Em entrevista ao G1, Malu Rodrigues diz ser virgem e estudar com freiras.Promotoria de SP e do Rio apuram suspeita de infração ao ECA.
Envolvida numa polêmica por mostrar o seio e simular um ato sexual no musical "O Despertar da Primavera", a atriz Malu Rodrigues, de 16 anos, diz ter ficado "chateada" ao saber que o Ministério Público de São Paulo e o do Rio de Janeiro apuram a suspeita de os responsáveis pela peça terem infringido o Estatuto da Criança de do Adolescente (ECA) ao permitirem a exibição da parte íntima da adolescente no espetáculo.

Em entrevista ao G1, a garota, de 1,64 m e 50 kg, filha de pais separados (mora com o pai e a avó), emancipada, estudante do segundo ano do ensino médio em um colégio de freiras, diz que é virgem e que jamais teve um namorado. Ela afirma ainda que a cena em que exibe um dos seios "tem todo um contexto". "Não é igual a uma foto de mulher pelada na Playboy." Maria Luisa Rodrigues deu a entrevista por telefone. Falou por quase 20 minutos com a reportagem enquanto fazia o trajeto em um táxi, do colégio onde estuda ao curso de canto, no Rio de Janeiro. A conversa teve o consentimento do pai, Sérgio Rodrigues, de 47 anos. "Ninguém que assistiu à peça saiu de lá chamando minha filha de gostosa ou piranha." A adolescente diz que "entende" o trabalho da Promotoria, mas afirma que teve autorização de um juiz da Vara da Infância e da Juventude para atuar no palco durante os quase dez meses em que a peça, do autor alemão Frank Wedekind, esteve em cartaz entre Rio e São Paulo. A temporada terminou no dia 2 de maio. "Não tem nada de pornografia (...) eu exibo meio seio direito. É uma cena rápida que fecha o primeiro ato", "é uma peça poética", "é o descobrimento do amor, não do sexo" e "continuo sendo a menina que sempre fui" são algumas das frases ditas por Malu Rodrigues - um recado para quem considera que o musical tenha infringido o artigo 240 do ECA, que considera crime quem "produzir, reproduzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente". Não necessariamente o adolescente precisa estar nu para caracterizar infração. A pena para quem for condenado pode chegar a oito anos de reclusão e multa. A reportagem procurou a empresa que têm contato com os responsáveis pela peça para comentar o assunto, mas ela não retornou o recado até a publicação desta matéria


Resposta: Uma menina de 16 anos mesmo emancipada a mentalidade e de uma menina de 16 anos e não de uma moça de 21 anos , mostrar o seio e simular um ato sexual no musical e poético e não pornográfico, não estou entendo mais nada o que e poesia o que e pornografia ,por essas e outras demonstrações inclusive o governo ensinar a criança a ser masturbar , os nossos jovens estão se prostituindo cada vez mais cedo , isto e muito triste pois neste idade nossas crianças brincavam de boneca,bola e carrinho hoje brincam de Ficar com 4 ou 5 parceiros por noite de balada ,brincando de cheirar cocaína e brincar de fumar maconha ou dançar no meio de uma rodinha e ter um ato sexual no meio da rodinha com um parceiro sorteado como a antiga brincadeira do Pêra,Uva e Maça , e o pior tem educador ,psicólogo que acha que e tudo isso é um ATO POÉTICO ! Misericredo .............................

Nenhum comentário:

Postar um comentário