PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

domingo, 27 de março de 2011

Pastor da Assembléia de Deus preso acusado de prostituição e pedofilia

O Pastor não mostro o santo rosto porque!!!!!!!
O Pastor foi flagrado em um motel com uma menor de 13 anos Após uma operação de fiscalização em bares, clubes de festas e orla da cidade, por volta das 22:30 horas de quinta-feira, dia 25 , o Comissariado Menores, Promotoria Pública e Conselho Tutelar deram o flagrante no pastor Evangélico (Assembléia de Deus), Edison Luiz Freitas, de 41 anos, que estava em um motel da cidade de Itaituba, no Oeste do Pará, com uma menor. O Pastor e a menor de 13 anos, das iniciais LCS foram levados para a 19ª Seccional, onde o Pastor ficou preso e a menor prestou depoimentos ao escrivão Raimundo, com acompanhamento do promotor Maurim Vergolino, comissário de menor Amilton Farias e membros do Conselho Tutelar. Segundo informações de membros da igreja Assembléia de Deus de Itaituba, Edison Luiz Freitas seria pastor no estado do Paraná. Uma das menores encontradas na orla da cidade. O Pastor acusado de crime de prostituição e pedofília não quis conceder entrevistas à Imprensa para dar sua versão sobre o caso, mas o advogado do mesmo, Dr. Alessandro Campos, confirmou que seu cliente é Pastor e que a menor já vinha provocando assédio há tempos, inclusive dizendo que a principio tinha 18,anos, depois 17, 15 e quando ficou provado que a mesma só tem 13 anos por ocasião do flagrante no Motel Itatiaia, situado no bairro Jardim das Araras. Mas além do Pastor, também foi pra cadeia acusada de ser aliciadora das menores para a prostituição, Elisabete da Cruz, de 22 anos, que na noite do flagrante estava com várias menores nos bares da orla de Itaituba. Ao jornal O Impacto, a menor AS, de 13 anos, disse que ela e suas amigas também menores, eram convidadas para ”merendar na orla”. A mãe de uma das menores, a doméstica que se identificou apenas pelas iniciais J.E.R.A, disse que tem cinco filhas, mas somente a que está com o Conselho Tutelar é que costumava sair. Até ao meio dia desta sexta-feira, dia 26, o Pastor acusado de pedofilia e prostituição ainda estava prestando depoimento na Seccional, sem a presença da imprensa, ao delegado Cleber Pascoal, não tendo sido divulgado ainda o teor de sua versão. A mulher acusada de aliciamento também não tinha sido ouvido pela Polícia. Sobre a repressão ao crime de prostituição e pedofilia em Itaituba, o comissário de menores Amilton Farias disse que não ocorre com a mesma intensidade de alguns anos atrás, mas que ainda existem casos isolados como esse da prisão do Pastor e da Mulher tida como aliciadora de menores. Por sua vez, o promotor público Maurim Vergolino, que tem acompanhado a ação do Comissariado e Conselho, enfatiza que esse tipo de crime será reprimido de maneira implacável. Uma das estratégias que facilitou a ação do Conselho, Promotoria e Comissariado é que a fiscalização foi feita de maneira descaracterizada, para não chamar atenção de quem comete esse e outros tipos de crimes envolvendo menores. A mãe da menor LCS, que foi flagrada no Motel com o Pastor, confirmou que realmente sua filha mentia sua idade, mas que a mesma tem apenas 13 anos e não 17 como costuma afirmar. Sobre a ida de sua filha para o motel, a mãe disse que desconhecia o fato. Fonte: Nazareno Santos Resposta: Cara a carne e fraca mais pastor pegar carne nova ai e demais vai ficar evangelizando muito tempo em cana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário