PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

segunda-feira, 24 de julho de 2017

PARABÉNS A TURMA ADVENTISTA EXEMPLO A SER SEGUIDO

adventistas abrigam moradores de rua


A Igreja Adventista do Sétimo Dia, juntamente com a Prefeitura de São Paulo, inaugurou, na última quarta-feira (19), a primeira unidade do Programa Emergencial de Inverno (PEI) no Canindé, região norte da capital paulista.
A parceria consiste na administração do programa por meio da igreja durante 40 dias, além das parcerias privadas que tornaram o projeto viável para sua respectiva execução na maior metrópole do país.
De acordo com o Notícias Adventistas, o objetivo em torno do programa é trazer abrigo para os moradores de rua durante o período do inverno, o qual consiste em temperaturas muito baixas durante a noite.

  Programa que ensina a Bíblia vira febre na Internet


O prefeito da cidade de São Paulo, João Doria, participou do lançamento do PEI e explicou a ideia em torno do projeto. Segundo ele, a ideia surgiu em uma reunião ocorrida no dia 24 de maio com administradores da Igreja Adventista.
“Nós já tínhamos tido uma reunião muito positiva há cerca de um mês com a direção da Igreja Adventista aqui em São Paulo, e a disposição do pastor Domingos foi de cooperar”, disse Doria.
O presidente da Igreja Adventista para as regiões norte e leste da cidade de São Paulo, pastor Aguinaldo Guimarães, disse que os fiéis ajudaram. “Em tão pouco tempo, já temos uma escala de voluntários para os próximos dias de atendimento”.
O projeto visa ajudar, no mínimo, 460 pessoas em situação de ruas. De acordo com a prefeitura da cidade, a capacidade será ampliada para mil pessoas a partir do dia 26 de julho. Se o frio continuar após o dia 30 de agosto, data marcada para o término do programa, o atendimento ainda poderá ser estendido.
Doria afirmou que a atuação da Igreja Adventista do Sétimo Dia em projetos com parceria da prefeitura de São Paulo não é novidade. Mas a instituição contou com a ajuda de empresas privadas, que doaram cobertores novos, pares de meia e produtos de higiene.
A igreja também disponibilizará cerca de 800 pontos para arrecadar produtos de higiene pessoal, água mineral, agasalhos, sapatos e cobertores novos. O pastor Domingos Souza comentou a arrecadação: “Nossas igrejas e escolas serão disponibilizadas para dar suporte a essa importante iniciativa”.
Resposta: Que sirva de exemplo ...acorda igrejas                                                                                                      Em Lorena encaminhe para a Casa da Acolhida


Nenhum comentário:

Postar um comentário