PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

sábado, 21 de junho de 2014

Homem em cadeira de rodas chama pastor de “falso profeta” por promessa de cura não ter se cumprido.

Um culto neopentecostal foi interrompido por um homem numa cadeira de rodas, que repreendeu o pregador que falava de curas e milagres, chamando-o de “trabalhador da iniquidade”.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A revolta do homem se deu porque ele “não foi curado de sua doença como o pastor disse que aconteceria”. Identificado como Justin Peters, o homem sofre de paralisia cerebral e está confinado a uma cadeira de rodas.
A repreensão ao pastor Todd Bentley aconteceu depois que o homem na cadeira de rodas foi convidado a ir à frente e dar seu testemunho.
Quando Bentley deu a ele o microfone, Peters começou a recitar Mateus 7: 22,23: “Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade”.
O pastor não se conteve e perguntou a Peters quem seria essa pessoa, e ouviu uma resposta curta e direta: “Você”. Na sequência, o cadeirante chamou o pastor Bentley de “pregador fraudulento”.
O pastor respondeu a Peters dizendo “Deus te abençoe” e afastando o microfone dele, acrescentou: “Esta é uma verdadeira promessa”. Nesse momento, o cadeirante, que estava de pé com o auxílio de muletas, tentou agredir o pastor e foi impedido por um dos obreiros.
Após Peters deixar o palco, o pastor Bentley disse: “Obrigado, senhor. ‘Não estou dando minha unção, porque eu não tenho nada para dar’”. Depois, dirigindo-se à platéia, Bentley tentou explicar-se: “Quando você faz o que eu faço e ora por dezenas de milhares de pessoas por ano… Em muitos deles eu coloquei minhas mãos… Nem todos são curados instantaneamente… Algumas pessoas não. Algumas pessoas nunca são curadas. Não tenho todas as respostas, mas a unção de cura é vista por obras”.

Resposta: Curso de Capelania Hospitalar  "Não prometa Cura principalmente em nome de Jesus"

Nenhum comentário:

Postar um comentário