PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

sábado, 4 de junho de 2011

Pastor é suspeito de receber dinheiro para abrigar bandidos em suposta casa de recuperação na Serra







Uma suposta casa de recuperação para dependentes químicos localizada na região rural da Serra foi fechada na tarde desta quarta-feira (1º). Segundo a polícia, o local poderia estar servindo de esconderijo para criminosos envolvidos com o tráfico de drogas e homicídios ocorridos no município.
Os policiais que participaram da operação registraram as péssimas condições do local. O sítio foi localizado depois de uma denúncia anônima. "Descobrimos que cerca de nove homicídios ocorridos na Serra são atribuídos à essa gangue", explicou o delegado Josafá da Silva.
No sítio estava um pastor evangélico que dizia cuidar do tratamento dos internos. Apesar de não haver nenhum profissional de saúde, ele dizia que os trabalhos eram apenas espirituais. "Nós não temos nenhum médico lá dentro. Tratamos as pessoas à base de bíblia e oração. Temos uma recuperação muito grande", alegou Isaque Medeiros.

De acordo com a polícia, a suspeita é de que o pastor sabia dos antecedentes criminais dos internos e cobrava cerca de R$ 600 de cada um para que eles ficassem escondidos no sítio. "Segundo o pastor, cada um pagava o que podia. Um jovem que foi detido [que tinha dois mandados de prisão em aberto] disse que pagava R$ 600 por mês para ficar escondido naquele local e que o pastor sabia que ele era foragido da justiça", acrescentou o delegado.

O pastor nega. "Ele nunca nos disse que era um foragido da justiça, falou apenas que era um dependente químico. Nós, como igreja e querendo ajudar, colocamos o rapaz no projeto. A família dele o ajuda a ficar lá", justificou.






Resposta: Aloooooooo Pastor procure o COMAD da sua cidade faça como Lorena a cretaiada está tudo se entrosando com os catolicos e está ficando bonito pos um ajuda ao outro e todos com a mesma finalidade resgatar vidas ..............







Nenhum comentário:

Postar um comentário