PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

segunda-feira, 13 de abril de 2009

APÓSTOLOS BRASILEIROS


Apóstolos brasileiros
Você já imaginou se Jesus viesse hoje para o Brasil, que tipo de apóstolos Ele encontraria? Abaixo segue uma lista selecionada de doze apóstolos tupiniquins. Dentre eles há heróis, vilões e empresários; veja o perfil e história de cada um!
Apóstolo Miguel ÂngeloO fundador da igreja Cristo Vive foi o pioneiro da idéia apostólica no Brasil. Angolano, iniciou seu ministério com o canadense McAllister na Nova Vida. Atualmente tem 39 diplomas de nível superior em seu currículo e a igreja a qual dirige na zona oeste do Rio de Janeiro conta com mais de 56 mil membros, com igrejas até em Portugal. Na convenção internacional da qual faz parte, ele é o apóstolo das nações de lingua portuguesa. Sem dúvida, um dos mais bem sucedidos “apóstolos” dessa lista.
Apóstolo Estevam HernandesEsse se tornou símbolo da situação caótica que se encontra o evangelho no Brasil. Estevam e sua esposa, bispa Sônia, saíram de sua antiga denominação (Igreja Cristã Pentecostal do Brasil) e começaram a organizar reuniões informais com famílias amigas, o que mais tarde se formou a igreja Renascer, com um canal de rádio (Gospel FM) e um canal de televisão (Rede Gospel). Atualmente ele e a esposa se encontram confinados em sua mansão nos EUA em prisão domiciliar por terem entrado com 56 mil dólares dentro da Bíblia, enquanto só declararam entrar com 10 mil. Isso fora os escândalos e acusações de lavagem de dinheiro aqui no Brasil. Estevam se diz perseguido como o Apóstolo Paulo; porém nem Paulo, nem Jesus, costumava deixar de pagar seus impostos a Roma.
Apóstolo RinaRinaldo, batizado na Igreja Batista Ucraniana, começou seu ministério na Renascer em Perdizes e permaneceu até 1999, quando decidiu abrir uma igreja nova. Chamou sua igreja de Bola de Neve por achar que a igreja cresceria muito. Espiritual, né? Enfim, ele acertou. Cresceu em dois anos 1100% com seu marketing voltado para os jovens. Tem métodos pouco ortodoxos de evangelismo, o que vem sendo bastante criticado entre as igrejas tradicionais. Está ainda em plena ascenção e tem arrebanhado multidões com seu apelo jovem e seu púlpito em forma de prancha.
Apóstolo Valdemiro SantiagoEx-bispo da Universal, Valdemiro fundou a Igreja Mundial do Poder de Deus em 1998 em São Paulo. Se tornou “apóstolo” sob a concordância de bispos e pastores da Igreja Mundial, baseado em II Coríntios 12:12. Se você acordar cedo poderá ve-lo das 5 às 8 da manhã na Rede TV “fazendo milagres” através de seu suor. Sinceramente, esse tipo de milagre não está na minha lista de “verdades cristãs”.
Apóstolo Doriel de OliveiraEsse simpático senhor foi o fundador da Casa da Benção, uma das maiores igrejas do Distrito Federal. Mas o ex-ministro do Brasil para Cristo começou longe, lá em Belo Horizonte. Por durante 5 meses fez seus cultos na praça, até conseguirem um templo. A igreja cresceu tanto que, em 1969, foi alvo até de investigação do DOPS (Departamento de Ordem e Política Social, um extinto órgão repressor do Estado Novo, que torturava pessoas que iam contra o regime), que levou à prisão e tortura de alguns pastores. Com essa perseguição, Doriel se mudou para o DF e lá abriu uma nova sede da Casa da Benção. Hoje tem igrejas espalhadas por diversos países do mundo como Portugal e Japão. Um homem batalhador, diga-se de passagem, mas que precisa ter cuidado com a Teologia praticada atualmente em sua igreja.
Apóstolo Carlo RibasEsse paranaense é apóstolo pela Igreja Evangélica Unção e Poder (não me perguntem donde vem). Tem apenas 31 anos, alguns diplomas e hoje tem um ministério como conferencista. É presidente mundial (a mais de dez anos, ou seja, virou presidente com 21!) do Ministério Internacional de Libertação (também não me perguntem donde vem) e é autor de 5 livros como o “Desvendando a Bruxaria”. Pelo título já dá vontade de ler, né não? Não sei de onde ele tirou esses ministérios e o título de apóstolo, mas está fazendo a obra? Então tá bom…
Apóstolo Renê Terra NovaEsse baiano é o que há de arretado. Se tornou pastor na Primeira Igreja Batista em Recife/PE. Em 1992 foi enviado para Manaus a fim de pastorear uma Igreja Batista de lá. Pouco tempo depois deixou a Batista para fundar a Primeira Igreja Batista da Restauração. Adotou o método G12 como estratégia de evangelismo, fundou e difundiu grandemente a visão celular de igrejas (cada igreja cria células nas casas de seus membros e lá eles fazem seus cultos somente se reunindo todos no templo uma vez por semana). Atualmente sua igreja se tornou no gigante Ministério Internacional da Restauração (em um intervalo de 12 anos, seu ministério cresceu de 160 para 70.000 membros). Tem sido muito criticado por ser judaizante (celebra festas judaicas, por exemplo) e por utilizar a teologia da prosperidade.
Apóstolo Ezequiel TeixeiraFilho de pastor Assembleiano, esse carioca, junto com outros dois pastores, em 1987, começou a fazer pequenos cultos na Associação Brasileira de Imprensa, no Rio de Janeiro. Não tinham propósito nem de pastorear, nem de criar membros, apenas de fazer o culto independentemente. Porém, a medida que as pessoas iam aceitando a Cristo e indo para igrejas de ideologias diferentes, viram a necessidade de começar a pastorear as pessoas que se convertiam através de seus cultos; nasceu daí em 1989 o Projeto Vida Nova. Essa igreja, com sede na Vila da Penha, no Rio, sempre foi alvo de críticas pelo estilo “show gospel” de seus cultos. O foco, tal como a Bola de Neve, é o público jovem e hoje o auto denominado apóstolo Ezequiel conta com igrejas espalhadas pelo Brasil e Europa, principalmente Portugal. Mas apesar das críticas, nunca ouvi nenhum escândalo vindo desse Projeto.
Apóstolo Sinomar FernandesEsse é um dos defensores da causa apostólica. Nascido em Anápolis-GO e fundador do Ministério Apostólico Luz Para os Povos, ele começou seu ministério como pastor de uma pequena congregação da Igreja da Paz em Goiânia-GO, com apenas 39 membros. Adotou a visão G12 de evangelismo (ganhar, consolidar, discipular, enviar) e também a visão celular. Hoje, junto com o desenvolvimento gigantesco da cidade, possui cerca de 5.000 membros somente em sua Igreja sede, em Anápolis mesmo. Seu método de ação é o seguinte: existe 12 casais de bispos (Conselho de Bispos), seus discípulos, que controlam e supervisionam todas a igrejas do ministério. Cada bispo discipula outros 12 que supervisionam as igrejas sob seu controle e por aí vai. Ainda está em plena ascenção e o apóstolo, junto com seu Conselho de Bispos, ainda pretende chegar a 100.000 membros somente na sede. Pretensão? Visão divina?
Apóstolo Márcio ValadãoO pastor presidente da Igreja Batista da Lagoinha foi ungido “apóstolo” em 2001. Sua igreja se tornou destaque nacional e internacional com o grupo Diante do Trono, inicialmente encabeçado por seus filhos André Valadão e Ana Paula Valadão. A Igreja, construída em 1957 com o nome original de Sexta Igreja Batista de Belo Horizonte, inicialmente dirigida pelo polêmico e eficaz pastor José Rego, que chegou a ser acusado de herético pelo próprio ministério batista, mas que causou um reboliço que culminou no termo “igreja batista renovada”… a igreja Batista da Lagoinha cresceu numa escala sem proporções. Em 1972 o ainda pastor Márcio assumiu a presidência da igreja e criou inúmeros ministérios, ações sociais, a famosa escola bíblica da Lagoinha e muito mais. Não sei do porquê de ter se tornado apóstolo, mas ainda assim o considero um dos homens mais usados por Deus dessa lista. Se você for visitar a igreja, provavelmente vai encontrá-lo de terno, gravata e descalço; isso é um propósito que ele tem com Deus para se manter humilde diante do crescimento da igreja. Legal né? Legal seria se todos fossem assim.
Apóstolo Sérgio LopesEssa é a pérola dessa lista, a maior distorção da palavra “pentecostal”. Formado em teologia pelo Instituto Bíblico Quadrangular, Sérgio começou seu ministério fazendo cultos no Automóvel Club de São Paulo. A medida que cresceu o público ele alugou um pequeno espaço na Rua Quatá, São Paulo, e começou ali, em 1999 a Igreja Comunhão Plena. Essa igreja participa do movimento neo-pentecostal (retété ao invés da Palavra de Deus), realiza campanhas gigantescas como o “Abala São Paulo” e, através de seus programas na rádio Musical FM “profetizam”, “falam em línguas” e tudo o mais. Estive uma vez em um de seus cultos denominado “Busca pelo Espírito Santo”. Eram tantas pessoas dançando, tanta criancisse, que precisei me retirar indignado com a falta de respeito à Palavra de Deus. Tudo isso orquestrado pelo apóstolo. Sérgio vive vendo bolas de fogo durante o culto. A verdade é que seu método de apelo sensacionalista e de prosperidade tem arrebanhado multidões e já foi capaz de eleger o Deputado Estadual Lélis Trajano.
Apóstolo César AugustoEsse jornalista começou seu ministério retirando cerca de 30 meninos de rua e os levando para casa. Sentindo a necessidade de cuidar das pessoas, ele fundou, em 1994, a Igreja Fonte de Vida em Goiânia. Sua igreja hoje conta com mais de 70.000 membros espalhados principalmente pelo estado de Goiás e possui uma rádio e uma TV local. Atualmente conta também com igrejas nos EUA, África e Europa. Cézar, reconhecido como apósto pela Coalizão Internacional de Apóstolos (nem imagino o que seja), virou figura certa na política brasiliense, seu filho foi eleito vereador, e vira e volta você o verá com políticos e pessoas influentes do meio. Ah! Não posso esquecer… o apósto além de escritor também tem 12 cds gravados pelo seu ministério, nos quais ele atua escrevendo algumas músicas, como diretor de produção e ministrando. Um exemplo de apóstolo multi-ação.
Resposta : Breve Breve OS SEMI-DEUSES ................ A Jesus Volta Logo ..................

Um comentário:

  1. É Pastor. Difícil avaliar o que o Mestre faria para escolher o seu apostolado. Creio que nossa tarefa é continuar a estudar e a seguir os seus passos. Parabéns pelo Blog. Abraços, Jorge.

    ResponderExcluir