PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

segunda-feira, 26 de julho de 2010

DETRAN – A “Lei da Mordaça” do pastor trapalhão


Protagonista de uma administração caótica, o diretor geral do Detran, o Departamento de Trânsito do Estado do Pará, Alberto Campos (foto), impôs na autarquia o que os servidores etiquetaram, jocosamente, de “Lei da Mordaça”. Em circular, ele proíbe os servidores de fazer qualquer declaração à imprensa, atribuição que torna prerrogativa exclusiva da obscura assessora de imprensa do Detran, uma certa Carmen Souza. De parca escolaridade e nenhum escrúpulo, Campos, recorde-se, é também pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular, que no Pará é comandada por evangélicos de conveniência, suspeitos de reverenciar Deus de olho , em verdade, nas benesses terrenas, garantidas pela cumplicidade com os inquilinos do poder.Despido de pudores éticos, o diretor geral do Detran já foi inclusive denunciado ao Ministério Público, ao ser flagrado determinando, à margem da lei, a anulação de infrações graves cometidas por Maria Denise da Silveira, diretora Administrativa-Financeira da autarquia, o que permitiu a esta obter a carteira nacional de habilitação. Como Campos, Maria Denise da Silveira é também pastora da Igreja do Evangelho Quadrangular.A circular de Alberto Campos é um primor de estultícia, digno da obtusidade do diretor geral e da sua assessora de imprensa. Ambos certamente ainda não foram apresentados ao off, a informação de fonte a qual convém manter-se anônima, um legítimo recurso de quem teme ficar à mercê das retaliações dos tiranetes de província. (Fonte Blog do Barata)

Resposta : Eu quero e novidades Barata !!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário