PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Pastor é preso sob acusação de abusar sexualmente de adolescente de 14 anos

Um pastor foi preso sob a acusação de ter estuprado uma menina de apenas 14 anos de idade. O caso foi registrado em Teresina, capital do Piauí.
O líder religioso foi detido por volta das 22h40 na última quinta-feira, 26 de março, por policiais da Central de Flagrantes. De acordo com o delegado Luciano Alcântara, o pastor teria violentando a menina à tarde, em uma pousada.
Após o estupro, o pastor identificado como Agnaldo Carvalho de Jesus teria deixado a vítima no Hospital Mariano Castelo Branco, zona norte da capital piauiense: “Testemunhas relataram para a polícia que o crime teria ocorrido em uma pousada no bairro Poti Velho. Ainda não sabemos se a vítima tinha conhecimento para onde estava indo, mas em conversa informal, ela relatou aos policiais militares que mesmo sem o seu consentimento, o homem praticou sexo com ela”, afirmou o delegado, segundo informações do G1.
Ainda segundo a Polícia, o pastor só teria levado à menina ao hospital por causa da violência do ato sexual, que a deixou machucada. Uma nota do hospital revelou que a vítima teria chegado ao hospital por volta das 19h00, acompanhada de uma irmã menor de idade, com suspeita de aborto.
“As equipes médica e de enfermagem realizaram os primeiros socorros, mas devido ao quadro hemorrágico e a necessidade de procedimentos cirúrgicos ginecológicos, ela foi transferida para a Maternidade Dona Evangelina Rosa, às 20h”, diz a nota do Hospital Mariano Castelo Branco.
Após o atendimento emergencial, um laudo médico comprovou que a menina havia sido estuprada e tinha hematomas: “Depois de cometer o ato criminoso, ele levou a garota para uma unidade de saúde, no entanto, não permaneceu no local. Somente, após denúncia de familiares, policiais encontraram o pastor”, disse o delegado Luciano Alcântara.
RESPOSTA: Por mim eu cortava o PILAU DELE................ POR ISSO EU DIGO 

OLHA O VIDEO 


Nenhum comentário:

Postar um comentário