PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

quinta-feira, 14 de abril de 2016

UMA MANCHETE QUE EU NUNCA GOSTARIA DE TER LIDO


Parentes e amigos cantam e pedem justiça no enterro de jovem vítima de bala perdida



Cerca de 300 pessoas foram se despedir de William Davi de Almeida Cordeiro, de 18, morto com uma bala perdida na noite desta segunda-feira, em Cascadura, na Zona Norte, no enterro realizado na manhã desta quarta, no Cemitério Jardim da Saudade, em Mesquita, na Baixada. Amigos e familiares se emocionaram ao cantar o hino do Flamengo, time do coração do jovem, e cobraram das autoridades as devidas respostas.
— O William sempre foi uma pessoa tranquila e estudiosa. Participava da Igreja Evangélica Congregacional de Cascadura, não fazia mal a ninguém. É uma perda irreparável — contou um parente, que preferiu não se identificar.

A mãe do jovem passou mal durante o enterro e foi acolhida por familiares. Com a camisa do Flamengo, o pai, William Rodrigues, de 43 anos, não quis dar entrevista. Nesta terça, ele disse que era muito próximo do filho:
— Estou buscando forças para falar. Meu garoto estava fazendo faculdade e eu sonhava junto com ele. Sou enfermeiro e, sempre que chegava do plantão, ia para o quarto dele para conversar. Tínhamos um elo muito grande. Meu filho era um esportista e tinha um coração muito grande. Buscava a irmã, de 17 anos, no colégio porque ficava preocupado com ela — diz o William.  ( JORNAL EXTRA FOTOS E REPORTAGEM)

Resposta: Sobrinho eu sei o que você está sentindo neste momento,pois vivi o mesmo a 1 ano atras com a perda da minha filha Virginia   que Deus conforte seu coração  e todos os seus ........




Nenhum comentário:

Postar um comentário