PARE DE FUMAR

PARE DE FUMAR

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Pastor é preso por dirigir embriagado

Condutor fez teste do bafômetro que apontou patamar superior ao permitido

O pastor Clenio Antonio Cruzeiro, 48 anos, foi preso na madrugada de hoje (3), em Uberlândia, por dirigir embriagado. O pastor conduzia um Vectra no perímetro urbano da rodovia BR-365 e, próximo ao quilômetro 648, bateu na traseira de um Gol. Ambos os carros seguiam na pista sentido à Ituiutaba.Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Clenio Cruzeiro apresentava sintomas visíveis de embriagues, mas negou ter bebido antes de assumir a direção do veículo. Ao ser submetido ao teste de bafômetro foi constatado 0,64 miligramas de álcool por litro de sangue, enquanto o máximo permitido são 0,2 miligramas de álcool por litro de sangue.O condutor do Gol informou aos policiais que antes da chegada da viatura Clenio Cruzeiro havia escondido em meio à mata próxima à rodovia uma caixa de isopor, que tinha dentro do carro. Na caixa foi encontrada uma garrafa de vidro de cerveja vazia. Também próximo ao local foram recolhidos pedaços de um copo de vidro quebrado.Após ser submetido ao bafômetro, Clenio Cruzeiro admitiu ter ingerido uma garrafa de cerveja caracu e que seguia para uma chácara próxima à Uberlândia, pois se sentia em perfeitas condições para dirigir. Segundo ele, foi o condutor do Gol que freou bruscamente à frente causando a colisão.Segundo a Polícia Militar (PM) Clenio Cruzeiro tem uma passagem registrada no sistema do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) por roubo. Ele teve a fiança arbitrada em R$ 320 e foi liberado depois de pagar o valor. A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de Clenio Cruzeiro foi apreendida e o Vectra removido ao Pátio de Recolhimento de Veículos.
Resposta; Eu dessa vez não vou responder a resposta será dos comentários dessa reportagem , Vergonha, Vergonha, Vergonha depois a turma do Legalismo e dos Fariseus me criticam dizendo que sou um Herege !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Comentários
maxilene
04/09/2010 - 11h09min
so espero que isso tipo de reportagem nao prejudique o fato das pessoas conhecerem a jesus e perder a sua salvaçao pois nos cristaos sabemos que o diabo e astuto e tem suas ciladas armadas para confudir as pessoas afinal de contas o que que deus tem a ver com isso nao foi ele quem bebeu e alem do mais a salvaçao e individual. o pastor esta perdendo a dele nao e por isso que voce vai perder a sua tambem devemos segir a deus nao pastores pois quem salva e somente deus e ele quem cura ,liberta, restaura e abençoa as nossas vidas .amém.gloria a deus .
CRISTINA MENDES DE SOUZA
04/09/2010 - 10h17min
É TRISTE SABER QUE AINDA EXISTEM PESSOAS QUE USAM O CARGO DE PASTOR SEM SEREM REALMEMTE UM BOM PASTOR. PARA DIZER QUE É PASTOR E PROVAR É NECESSARIO TER ATITUDES HONESTAS QUE PROVEM ISSO. UM PASTOR DE BOA INDOLE NAO ROUBA E NAO DIRIGE EMBREAGADO.... ISSO PARA MIM QUE SOU EVANGELICA É UMA VERGONHA POR QUE MUITOS PASTORES USAM O CARGO PARA SE LIVRAR DE ATOS COMETIDOS AOS OLHOS DOS HOMENS, MAS AOS OLHOS DE DEUS NINGUEM PODE FUGIR POR QUE ELE ESTA VENDO TUDO... O PIOR DE TUDO É QUE MUITAS PESSOAS GENERALIZAM E ACUSAM TODOS OS PASTORES COMO SE TODOS FOSSEM IGUAIS.. PENSE NISSO NEM TODOS TEMOS ATITUDES IGUAIS.
Agnaldo Rodrigues da Silva Junior
04/09/2010 - 00h47min
Devemos atribuir sim as igrejas pelas pessoas que tem. É obrigação da igreja levantar os antecedentes criminais e os comportamentais daqueles crentes que serão promovidos a pastor. Clubes, empresas, instituições e etc são responsáveis pelos seus integrantes. Aqui no Brasil existe uma tolerância abusiva com as igrejas evangélicas e católicas tb, arrecadam fortunas e não pagam um centavo de impostos, é por isso que em cada esquina existe uma e muitas com pessoas desclassificadas como pastor, é o caso da matéria do jornal, das matérias sobre pedofilia etc. No nosso país tá um vale tudo danado em nome de Deus.
luciene
03/09/2010 - 23h15min
é fácil ser chamado de pastor e mas a vários tipos... invés de estar ajudando as pessoas que estão morrendo destruindo suas vidas estava revirando a garrafa que vergonha o pior é que a Pastores de verdade que acaba pagando por uns falsos como este...
claudio duarte
03/09/2010 - 22h09min
Boa!!! é isso mesmo, Jesus não é surdo, não precisam gritar e tem mais, se o dinheiro só traz infelicidade, pq que é que nas propagandas de Igrejas só colocam pessoas para dizerem que perderam tudo e que agora que entrou para aquela Igreja conseguiram muito mais que antes. Resumindo, venham para cá, aqui é um ótimo investimento para o seu dinheiro, se vier para cá e contribuir você receberá em dobro. Que eu saiba Jesus também não ambriu uma agência de empréstimo, do tipo avestrus do cerrado. Fala sério né!!!
IGUARÁ DE MELO JUNIOR
03/09/2010 - 19h54min
POIS É, O PASTOR QUASE VAI PRO BOM PASTOR MAS O PADRE É BOM E O "DE BEBADO" NÃO TEM DONO HEHEHE.
Daiane
03/09/2010 - 17h54min
Não devemos atribuir as igrejas pelas pessoas que tem , sabemos que um pastor deve ser exemplo mas ante disso e um ser humano e humamente falando erramos sempre. E muito facil criticar mas ninguem se preocupa em ajudar ...
antonio
03/09/2010 - 16h48min
Agora vão processar a policia e o jornal por calunia,dizer que e um homen de Deus e que não estava embreagado e que o bafometro apresentava defeito. Acredito que deveria ser fiscalizado algumas igrejas na cidade,algumas não tem autorizações e prejudicam seus vizinhos com alto barulho de seus cultos," Jesus não e surdo".
Herege

Nenhum comentário:

Postar um comentário